Batam com o Portas!

10806290_762427147184008_6887137000909681507_n
Passamos o dia a ouvir o Paulo Portas (com vossa licença) a falar na imensa generosidade do governo. Fez-se o ajustamento, diz ele. Aumentam as pensões e os vencimentos dos Funcionários Públicos ( e os descontos do IRS, na armadilha dos escalões) graças à devolução de parte dos cortes dos salários e da CES,diz ele.
Feitas por imposição do Tribunal Constitucional e não pelo teu gang governante, digo eu, oh cara de ovo escalfado!
O Portas ali está de novo! O Portas é diarreia visual! O Portas é um percevejo político! Se o Portas é português, eu quero ser esquimó. Se o Portas é terráqueo, eu quero ser marciano! Fora com o Portas, fora, PIM!

Comments


  1. O Portas não me enoja como me não enoja um cagalhão. Porque um cagalhão é o que é e a mais não é desobrigado.
    De um cagalhão nada se espera senão que cheire mal.
    De um cagalhão nada se espera senão que se cole aos sapatos se, distraídos, o pisarmos.
    Em nenhum caso a culpa será sua e sim da sua condição cagalhonal.
    Portanto, o Portas não chega a enojar-me.
    Enoja-me, sim, um povo que tem o Portas no desgoverno. Enoja-me até ao insuportável que um ser dito humano alguma vez vote numa tamanha aberração, ouça e aplauda uma tal aberração.
    Se isto é gente, se isto se tolera, então eu quero ser uma amiba.


  2. Sou professora (7.º escalão – índice 272) e ontem, quando recebi o meu recibo de vencimento de Janeiro, se tivesse o Portas a jeito, atirava-lhe todos os palavrões que conheço, se conseguisse ficar por aí!
    O meu vencimento bruto (ilíquido) foi aumentado em 29,50 euros que se traduziram em MENOS 6,99 euros no vencimento líquido (com o aumento significativo da retenção de IRS).
    Já encontrei vários colegas (e de outros escalões) nas mesmas condições, logo, até desconfio que a redução de 20% no corte salarial foi calculada com base na mais-valia fiscal em que se traduziria…
    Hipócritas!


  3. Sou funcionário público e apelo àqueles que o não são que não se deixem enganar por este cavalheiro. O anunciado aumento, na prática, acaba por ser um corte. E ainda temos que levar com esta criatura do CDS/PP a tentar fazer-nos passar por imbecis. Ele ainda acha que o povo português é Salazarmente analfabeto. E não tem vergonha naquela cara! Eu não lhe admito que me trate como lorpa.


    • Se ele nem no cu tem vergonha, queria que a tivesse na cara?
      Para isso precisava ser Homem, primeiro.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.