O Expresso e os “erros de alemão”

Efectivamente, a notícia em que o Expresso denuncia “erros de alemão” num cartaz do Bloco de Esquerda tem *deustcher. Como sabemos, *deustcher não existe. De facto, *deustcher é erro. Como diria o meu amigo Rainer, wir sind vom Regen in die Traufe gekommen.

erros

Trackbacks


  1. […] possível explicação: se o BE dá erros (menores) na língua alemã, os alemães do PSD dão erros maiores em […]


  2. […] outros que acaba por não prestar uma muito necessária atenção aos seus próprios desempenhos em alemão, em inglês e, claro, claro, obviamente, obviamente, em ortografia portuguesa europeia, quer […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.