Fernando Alvim, 1934-2015

O viola que foi de Carlos Paredes, um ribatejano e um beirão, deixou-nos.

Ofereceram-nos tudo o que de umas cordas para cima cheira e sabe a belo.

No dia em que os capitalenses se calarem com a peta do fado ser só deles, mantendo a lenda salazareira e de sua besta férrea, teremos entre outras coisas ensinado à UNESCO que leva banhadas. O Fado  é nosso, do Tejo para cima, ponto final, parágrafo.

Fiquem com a homenagem no sítio óbvio, Coimbra, Santa Cruz.

Comments

  1. MachadoQueCorta says:

    A tua costela bairrista afeta-te a moleirinha.
    Os sentimentos de inferioridade são fodidos.

    Ó taralhoco, repete comigo 100 vezes: A capital de Portugal, Lisboa, fica Tejo acima.


  2. É em Espanha?

  3. João Soares says:

    Se o JJC lhe tivesse enfiado um arame farpado pelo colon acima , aposto que o capitalense não ficava tão raivoso.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.