O debate político do ano.


antonio_costa2_PAGINA

Lamento muito dizer isto como social-democrata mas a honestidade intelectual obriga-me a reconhecer que António Costa ganhou claramente o debate televisivo. Mas atenção que ganhar debates não significa vencer eleições.

Comments

  1. Konigvs says:

    Eu não percebo mesmo nada de ciência política, mas elucidem-me que agora fiquei baralhado. Então mas desses dois o social democrata não é o Costa? Não deveria então o caro autor estar super satisfeito pelo seu clube ter ganho?
    P.S.: – Quem é que no seu juízo perfeito perde tempo a ver debates políticos na televisão?

  2. Nightwish says:

    Ganha quem melhor desconversa, fica toda a gente a saber o mesmo e a continuar a apoiar a sua equipa. Enfim, uma hora perdida, como esperado.

  3. Victor says:

    O Costa é Liberal Democrata e o Passos é Neoliberal. A Social-Democracia é uma ideological de esquerda extinta nestes 2 partidos. O Silva anda simplesmente confuso.

  4. Paulo Jorge Guedes says:

    Sr.Paulo Vieira da Silva, ou aquilo do Marco António Costa lhe está a correr mal, ou então o sr. quer ser uma espécie de Freitas do Amaral do Norte….


  5. Também era PSD. Deixei de o ser por causa da política de perseguição que foi movida a funcionários e reformados. Perseguição feita com dolo, com maldade, para “castigar” aqueles estratos populacionais. António Costa não ganhou o debate. ESMAGOU aquele petulante e imberbe jota. Votarei António Costa.

  6. Rui Moringa says:

    Bem,
    Em sentido genérico acho bem debater-se ideias, projectos de futuro e as formas e meios para concretizar essas ideias e projectos. Mas este exerc´cio deve ser contínuo, embora nestas alturas (eleições) assuma maior importancia e acuidade por causa da mudança ou não, de legitimidade democrática para ter poder.
    Agora não sou daqueles que ipervalorizam o debate de ontem.
    Foi um debate muito fraco no geral. Muita “mise en scene” e pouco conteúdo. Também não é em 2 horas que se devem dicidir todas as escolhas e ficar a saber tudo sobre os intervenientes. Isso serve o espectáculo, sim espectáculo para a escolha do melhor mentiroso que o povo vai eleger.
    Estruturalmente, os partidos que reperesentam os protagonistas são identicos: Sim ao pacto orçamental, à moeda única…
    Eu sou contra a moeda única, ou seja, fiquei contra depois de verificar nestas anos que é uma soga que nos conduz à dependencia económica. Por essa razão também não sou a fvor do pacto orçamental como imposição de “fora”. sou a favor e boas contas de um país, ou seja, não se individar para além do sua capacidade de pagar numa geração.
    Ao ver o que está acontecer à Burococracia Europeia que já pretendeu ser União Europeia acho que muitos dos acordos assinados devem ser revistos ou anulados.
    Onde já se viu que nos proibam de pescar sardinhas?
    Fusga-se!!!
    Vai a tal EU e faz asneira no Médio Oriente, Norte de África e Ucrânia e nesta asneira está a a braços com os refugiados metidos na guerra pelo outro lado dos contendores e agora é o Aqui D`El Rei.
    É um facto que estamos geogágica e culturalmente na Europa, mas o nosso futuro não passa totalmente por esta EU (Acordos Políticos) que devem ser, insisto, revistos ou anulados.
    Veja a Inglaterra, Dinamarca…
    A nossa elite política sempre se aliou à elite europeia para tramar o povo (lojas da viúva, bilderberg,).
    Deveriamos estar avisadoas disto e não cometer os mesmos erros.
    Por isso o debate é foi um epifenómeno, modelo oliude.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.