Assunção Cristas, uma indignada de ocasião


A líder do CDS-PP pediu ontem a demissão de Azeredo Lopes e Constança Urbano de Sousa. Cristas afirmou que “Não é possível restaurar a quebra de confiança que neste momento existe no Estado nos domínios da Defesa e da Segurança” sem que António Costa demita os ministros da Defesa e da Administração Interna, que “não souberam estar à altura das suas responsabilidades“, motivo que leva a candidata à CM de Lisboa a concluir que as suas demissões são “inevitáveis“. “Num e noutro caso, – prossegue Assunção Cristaso Governo tem fugido às suas responsabilidades e mostra-se incapaz de assumir os erros e tirar conclusões“. Por fim, Cristas afirma ainda esperar por “uma atitude firme por parte dos ministros em causa ou do primeiro-ministro, assumindo as suas responsabilidades e respetivas consequências políticas. Não o fizeram. Instámos o primeiro-ministro a retirar essas consequências. Não o fez. Passaram-se dias de um silêncio ensurdecedor“. And the blá blá blá goes on.

Estamos, portanto, perante mais um caso de falta de memória ou, em alternativa, de tentativa de nos fazer a todos de parvos. E ver a líder centrista falar sobre ministros que não estão à altura das suas responsabilidade e silêncios ensurdecedores é quase comovente. Transporta-me para o silêncio ensurdecedor da própria Assunção Cristas, quando se manteve quieta e calada durante o golpe Irrevogável. Porque um ministro que se demite por não aceitar a nomeação de uma ministra que não lhe agrada, apresentando uma demissão irrevogável decorrente de um exame de consciência, para de seguida retirar tudo o que disse a troco de uma promoção e de um ministério adicional para o seu partido é de gente que sabe estar à altura das suas responsabilidades. Porque firme foi a atitude de Passos Coelho, que perante a chantagem cedeu. Que fugiu às suas responsabilidades. Que se mostrou incapaz de assumir as consequências políticas. E Cristas, a indignada, onde estava ela? Estava quieta e calada, refugiada na sua mesa ministerial, a fazer de conta que nada de errado se estava a passar.

Podíamos ficar horas nisto e muito mais haveria a dizer sobre o anterior governo, de Paula Teixeira da Cruz a Miguel Relvas, tanto que até deu para compilar esta lista. Mas era de valor se Assunção Cristas nos poupasse a todos destes momentos de falso moralismo, como se tivesse arcaboiço ético para tal, depois do silêncio ensurdecedor sobre o IrrevogávelGate, sobre as tramoias do Parque Expo e do caso Portucale e sobre os Jacintos Leite Capelo Regos desta vida, apenas para citar alguns exemplos. Assunção Cristas, a tal que fez o sacrifício de vestir umas calças de ganga e calçar umas galochas para se misturar com o povinho no bairro social, não tem credibilidade para pedir a demissão de ninguém. Porque uma ex-ministra que, nos píncaros da irresponsabilidade e da negligência, assinou a resolução do BES sem saber bem do que se tratava, não só não está à altura das suas responsabilidades como não inspira confiança alguma. Muito pelo contrário.

Foto: Lusa@Rádio Renascença

Comments

  1. Há um caso importantíssimo, relacionado com a Defesa e a Justiça: o dos submarinos. A mesma peça e quase todos os mesmos atores, foram condenados na Alemanha e na Grécia, e aqui foram… “arquivados”. Sem me exceder muito, não será caso para perguntar se tanta impunidade não deu para incentivar fazer um buraco numa rede de galinheiro e por lá “fazer passar” o maior roubo do século na Europa, de material de guerra!…

  2. Paulo Marques says:

    A memória de Cristas é muito curta para não se lembrar quem eram os ministros anteriores que fizeram os cortes responsáveis pelo agravar da situação.

  3. Ferpin says:

    Essa Gaja…

  4. JgMenos says:

    O que não querem ver é que a despesa do Estado continua a ser cortada em tudo que não o alimento das clientelas geringonças.
    A boca em bico prá mama e tudo o mais que se lixe, é a atitude básica do geringonço.

    • José Peralta says:

      Concretiza, ó “menos” ! Concretiza !

      Que “clientelas geringonças” ?

      Quatro anos e meio de pàfia, bocas em bico de jotinhas e outros figurões sequiosos, à espera da vaca leiteira dos coelhos, portas, cristas e jacintos leites capelos e etc. que transformaram o desgoverno, numa enorme vacaria ! E agora em desespero porque se lhes acabou a mamada !

      E tu tens o descaramento de falar em geringonças ?

      • JgMenos says:

        Ó Peralta, mamões sempre haverá, mas o problema com a geringonça é que em vez de tentar atacar os mamões, defende a Mama Geral!
        Ora isso piora bastante a situação.
        Concretizando: o PaF iniciou -ainda que tímidamente- uma política que incomodava os mamões; e essa é a principal e mais nefasta reversão dos geringonços.

    • ZE LOPES says:

      Menos…um comentário!

  5. jose ferreira says:

    vocês não se sabem rir com a boca fechada…as fotografias dizem tudo.

  6. José Peralta says:

    http://observador.pt/2015/10/30/assuncao-cristas-politica-inspirei-me-jesus/

    ATENÇÃO :- Notícia de 29 de Outubro de 2015I

    “Inspirei-me em Jesus que nunca teve medo de se meter com gente pouco recomendável ” !

    Pois è, cristas ! Mas tu não és Jesus, o que expulsou os vendilhões do Templo !

    Tu és a palonça xica-esperta, , que se cumpliciou com a quadrilha pafiosa que vendeu o País a retalho, e destruiu pilares fundamentais de um Estado Democrático !

    A Segurança Social, a Educação, a Saúde, a Economia, o desemprego, a emigração forçada, a classe média destruída e em desespero, que perdeu as suas casas e o seu trabalho e, envergonhada, teve que regressar com os filhos às casas dos progenitores, e às abomináveis “cantinas sociais” dessa besta, que é o teu colega mota soares que ainda tem o descaramento de dizer que “se orgulha muito delas”.

    Sim, cristas ! A classe média e os mais pobres e desprotegidos, idosos e crianças, que ainda sofrem desa “pulhítica” obscena, patrocinada por um fantoche odioso, grotesco e aldrabão demencial, porque não é em ano e meio que a destruição se supera !

    E também não és o Cristo, porque, simplesmente, és só a cristas, uma mulherzinha medíocre, arruaceira e convencida !

    Não és o Cristo, que nasceu numa gruta, porque ele, ao contrário de ti, era capaz de dar guarida e morada aos pobres e desprotegidos !

    Tu o que fizeste, foi aumentar exponencialmente as rendas e os despejos nos bairros pobres, “gente pouco recomendável” que não veste “dior” nem se perfuma “chanel” !

    És um logro, cristas, um fogo fátuo, uma vigarice…

  7. João zanatti says:

    É de rever e ouvir atentamente o que Catarina Martins sobre o que ” pagamos” há Nato ,fazendo referência a outros Países mais ricos que não o fazem. Enternecedor é ouvir o Augusto Santos Silva a dizer que a Constança Urbano está nos a dar uma lição, ele próprio está a aprender.
    Depois temos um general de nome calçada, poeta, que publicou no face um poema pela forma como os colegas foram exonerados….

  8. Mario nunes says:

    A preposito da sua “exasperacao” sobre os ciganos, saiba que ate simpatizava com os seus pontos de vista e opiniao , mas sinseramente esta dos ciganos !!!! Provavelmente nunca andou num autocarro em que essa ” corja” viaje eventualmente , pois a maioria teem carros melhores do que o meu ,isto para não falar daquilo que comem em grandes mariscarias como o “Júlio das conquilhas” na Parede , onde é frequente ve-Los a volta de grandes travessas de marisco , pagas com os nossos impostos, sim porque o que recebem e pago por Nós , capaz de me mostrar o IRS de um , até pode ser um feirante, Sra deputada inteire-se e fale depois são sim uma cáfila de malandros e vagabundos a quem não sei bem porque o Estado tolera aquilo que a um cidadão normal pune com severidade e Sem respeito.
    NÃO lhe ficam bem essas suas divagacoes

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s