Maria Monteiro – Salgueiro Maia: Um sonho que continua inacabado

 

Casa de Salgueiro Maia em Castelo de Vide, objecto da Petição que lançámos para a sua preservação

Comments

  1. Snail says:

    Será que a casa está à venda? Para demolição? Que História vamos deixar aos nossos filhos?

  2. Luis Moreira says:

    Uma vergonha, esta é a política cultural do nosso país. Será que a ideia é mesmo apagar a memória dos heróes do 25 de Abril?


  3. Luís: não será possível pressionar pessoas como o Vasco Lourenço e o Otelo para que encabecem uma petição à AR exigindo que se faça justiça à memória do Salgueiro Maia?

  4. Luis Moreira says:

    Já falei com o Vasco por telefone a chamar-lhe a atenção para a degradação a que chegou a casa de Salgueiro Maia. Logo que ele regresse de férias vou avançar com essa sugestão. Se calhar o melhor seria nós aqui no Aventar fazermos uma Petição/reclamação à Associação 25 de Abril para que pressione as entidades competentes.O que te parece?

  5. Luis Moreira says:

    E se a petição/reclamação fosse em simultâneo para a Câmara de Castelo de Vide? Em principio quer a A25A quer a Câmara estarão interessadas em liderar uma posição destas. Que te parece?


  6. É isso. A Associação 25 de Abril, com o Vasco Lourenço, o Pezarat Correia e a restante direcção a apoiar. És sócio? Eu sou. Podemos dirigir uma exposição aos órgãos directivos para que a A25 assuma a liderança deste processo. A Câmara de Castelo de Vide também deve ser contactada. É CFU ou PS?


  7. CDU não CFU.

  8. Luis Moreira says:

    Eu posso saber se a Câmara é PS ou CDU. Eu também sou sócio da A25A. E o que achas de fazer a petição via aventar? Assinamos nós os dois e quem mais quizer.


  9. Vamos a isso!

  10. Belina Moura says:

    Aqui vai uma transcrição do que aparece no Google sobre Salgueiro Maia, para dar força nessa vossa tentativa de se fazer justiça à sua memória:Madrugada de 25 de Abril de 74, parada da Escola Prática de Cavalaria, em Santarém:”Meus senhores, como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados sociais, os corporativos e o estado a que chegámos. Ora, nesta noite solene, vamos acabar com o estado a que chegámos! De maneira que, quem quiser vir comigo, vamos para Lisboa e acabamos com isto. Quem for voluntário, sai e forma. Quem não quiser sair, fica aqui!”Todos os 240 homens que ouviram estas palavras, ditas da forma serena mas firme, tão característica de Salgueiro Maia, formaram de imediato à sua frente. Depois seguíram para Lisboa e marcharam sobre a ditadura.

  11. Belina Moura says:

    E eu assino essa petição também! Claro!

  12. Luis Moreira says:

    Então eu vou falar com o Vasco sobre o assunto e vamos começar a preparar a petição. Juntamos as fotos, publicamos aqui no aventar e podemos tirar cópias em papel,Publicar também na revista da A25A.


  13. Se precisamos de 4000 assinaturas, temos de enviar a petição, por e-mail, a todos os amigos.

  14. maria monteiro says:

    Meus queridos aventadores vocês são todos mesmo muito especiais 🙂


  15. […] Façamos alguma coisa por todos nós. Um agradecimento final à Maria Monteiro, a autora da foto e a primeira a alertar para o estado de destruição da […]


  16. […] Façamos alguma coisa por todos nós. Um agradecimento final à Maria Monteiro, a autora da foto e a primeira a alertar para o estado de destruição da […]