Um Poeta Sem Juízo e Um Presidente Ditador

.
BELMIRO DE AZEVEDO SEM PAPAS NA LÍNGUA
.
Numa entrevista à revista Visão, a sair hoje, quinta-feira, Belmiro de Azevedo ataca tudo e todos. Para ele, o poeta Alegre deveria ter juízo, coisa que se sabe que não tem, e o Presidente Cavaco é um ditador, coisa que alguns saberão melhor que outros.
Depois, é a descascar por aí fora. A ler.

.

Comments

  1. Luis Moreira says:

    O homem da Sonae costuma ter razão…

  2. Carlos Loures says:

    Quem dispara em todas as direcções, corre o risco de acertar uma vez ou outra. Mas o homem é um incontinente verbal. Nem estou a defender o Alegre e, muito menos, o Cavaco, e até acho que o sapateiro pode ir além da chinela. Belmiro de Azevedo tem o hábito de se considerar embaixador de Deus junto dos mortais. Não discuto os seus méritos como empresário, comprovados pela forma como fez rapidamente fortuna. No entanto, penso que devia ser mais discreto e modesto – fora da sua área de competência, há numerosos saberes que ele não domina, o que não sabe daria para encher muitas enciclopédias… Mas fala, fala, fala, como se dominasse todo o conhecimento do mundo. Devia ter o juízo que recomenda ao Manuel Alegre.

  3. Adão Cruz says:

    Boa resposta Carlos. Não sabendo dizê-lo como tu, subscrevo exactamente as tuas palavras. A maior das ignorâncias é a pessoa não saber reconhecer aquilo que não sabe, considerando como saber absoluto o pouco que sabe. E este pouco que sabe, ele sabe que é a massa que lhe dá o aval.

  4. inquieto says:

    Concordo com a maioria das críticas que o engº Belmiro faz sobre os políticos portugueses. Mas a imagem que guardo sobre a maior parte dos “empresários” portugueses não difere muita da que tenho dos políticos.
    Seria muito bom que a mesma revista fizesse uma reportagem sobre as meninas e meninos que trabalham como caixas no “Continente” .

  5. XicoAmora says:

    A rapidez com que fez fortuna, foi somente o tempo que leva a celebrar um casamento.

  6. Tal e qual, Inquieto! Uma reportagem da Visão sobre as meninas e meninos caixas. Seria óptimo. Uma das novas ecravaturas. A fortuna só se faz à custa dos outros e da exploração do seu trabalho. Não há fortunas dignas, por mais voltas que se dê ao miolo. Tal e qual, XicoAmora! O casamento é um grande gene empreendedor quando se implanta no cromossoma certo.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.