Brasil segundo maior mercado de droga

SPIEGEL: After the US, Brazil is the second-largest drug market in the Americas.

Fernando Cardoso: Drug consumers are primarily from the middle and upper classes. These people must recognize that they are partly responsible for violent crime. Cocaine is becoming a people’s drug. In every society, there is a certain percentage of addicts who are lost causes. Many others, however, could be saved. These are the people we have to reach. Spiegel Online > ver abaixo

Fernando Henrique Cardoso, sem dúvida um homem equilibrado e respeitável, tal como milhares de homens de estado sérios, erra quando afirma :

“… These people must recognize that they are partly responsible for violent crime …”.

De facto, quem deve reconhecer que é totalmente responsável por crimes violentos, não é o próprio cidadão mas sim os estados e seus respectivos governos que “receitam” aos seus cidadãos a actual“religião de estado” perversa e caduca – “our way of life”. Os consumidores de drogas em todo o mundo são precisamente aqueles que mais se empenham em nome do progresso sócio-económico.E como (ainda) não estão conscientes do caminho erróneo, cada vez mais vão esbarrando com as barreiras de sua psique. São estas as verdadeiras causas do gigantesco negócio de drogas que vai destruindo por dentro não só as sociedades da América Latina mas também as da América do Norte da União Europeia.

A descriminalização das drogas não é estratégia. Não passa de mera táctica. Ainda que seja provável que com a descriminalização das drogas muitas coisas melhorassem, os efeitos seriam apenas passageiros. Com efeito, se o rumo da marcha continuar a ser o mesmo, o consumo da droga, depois de ter estagnado passageiramente, voltará a subir para pontas jamais antes alcançadas – sem as causas resolvidas a “autodigestão”, isto é, autodestruição da sociedade continua imparavelmente. Uma solução eficaz seria a mudança de rumo  em simultâneo com uma liberalização da droga e outras medidas tácticas.

Como isto se faz é do conhecimento de muitos, contudo falta a coragem de agir – por enquanto.

Rolf Domher

Battling Drugs in the Americas. ‘The Military Is Not Suited to Pursue Criminals’

Drug-related violence is once again on the rise in Latin America. Former Brazilian President Fernando Henrique Cardoso, 78, told SPIEGEL that the drug war has failed and that it is time to try a new strategy: decriminalization.

http://www.spiegel.de/international/world/0,1518,676864,00.html

SPIEGEL ONLINE, 02/10/2010

The Failed War on Drugs in Latin America: Could Decriminalization Be the Answer?

The massacre in Ciudad Juarez at the end of January made it clear that Mexico is losing the war on drugs. Narcotics-related violence is on the rise in other Latin American cities as well. An increasing number of voices are demanding that drugs be decriminalized.

By Jens Glüsing

You can download the complete article

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.