O Debate #3:

Como se previa e já se comentava durante o dia, Rangel prefere uma postura agressiva e populista, mais vocacionada para procurar convencer os eleitores fanáticos esquecendo o país. Neste ponto, Passos Coelho está a ganhar por ser mais pausado e esclarecedor.

Agora vamos ao país. Ainda bem. Uma boa malha de Passos Coelho ” eu estou é ao lado e preocupado com o país”.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.