Gracias, Majestad…


Um simples SMS pode resolver muitos problemas. Por intermédio de várias casas reais – que como se sabe e pelas leis da hereditariedade são todas a mesma, embora tenham nomes diferentes -, tudo se resolveu. O Aventar está de volta e mais risonho que “já-mé“!

Não partilhamos qualquer tipo de teorias da conspiração, porque mais conspiradores que nós próprios, é decerto difícil de encontrar. Contamos entre nós, com admiradores do João das Regras e dos pés-rapados que ilegalmente alçaram o Mestre de Aviz. Temos por aqui, entusiastas partidários do Prior do Crato. Por cá também medram como trevos de três folhas, herdeiros directos dos Conjurados do 1º de Dezembro, da revolta anti-Junot, assim como batedores de palmas à gente do Sinédrio. Numa grande e exultante confusão, cá está a turbamulta anti-Ultimatum, anti e pró 31 de Janeiro. Por aqui grassam admiradores do 5 de Outubro, da Monarquia do Norte e… preferimos- alguns – ficar por aqui, até porque se prosseguirmos, tropeça-se em partisans de Salazar, de Estaline, de Otelo e só Deus, Buda, Javé, Alá, Shiva e Confúcio saberão de quem mais!

A tecnologia do século XXI e as boas relações – à distância …de una tapa – com gente que conta milénios como números de série no B.I., são os recursos de que dispomos. O Aventar cá está uma vez mais… y todo esto gracias a un simple SMS. Gracias Majestad!

* Já agora, não existe alguém que queira blogar connosco e seja apaniguado do Miguel de Vasconcelos?

Comments

  1. Luis Moreira says:

    Hombre de nada!

  2. maria monteiro says:

    “… de Otelo e sabe-se lá de quem mais” Uffff estou mesmo no fim da lista

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.