O Pai da Nação acordou

Ao fim de quatro anos amantizado com o lurdesrodriguismo, o Pai da Nação, Albino Almeida, acordou. Terá finalmente percebido que o único objectivo das políticas educativas de José Sócrates passam, no final de contas, pela poupança de dinheiro. Eles não querem saber de mais nada.
Foi o caso dos Mega-Agrupamentos que o fez acordar de uma longa letargia, algo que nem o encerramento indiscriminado de escolas conseguira. Denuncia até pressões de organismos regionais para que não levante grandes ondas.
Antes tarde que nunca, dir-se-á, e é bem verdade. Sempre é um apoio para tentar travar mais este disparate do Governo.
E Isabel Alçada, por onde anda?

Comments

  1. Luis Moreira says:

    Estão em faze de renovação de contrato…

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.