O milagre da IURD

Em Faro! Ali junto ao mar, um milagre aconteceu. Um crente meteu a massa que tinha e a que não tinha nas mãos santas do bispo.A mulher é que não deixou se não ele metia ainda mais, tudo por amor à irmandade.

Entretanto, o milagre da multiplicação dos pães tardava a acontecer ao contrário dos bancos que começaram a apertar com o pobre do homem. Perdida a cabeça, foi-se ao “santuário” com uma rectroescavadora e deitou tudo abaixo. E agora?

Uma hipótese é voltar a acreditar no milagre, outra hipótese é meter o bispo na prisão, outra é esperar que lhe devolvam a massa. O problema é que para acontecer alguma destas hipóteses é preciso  um milagre.

Comments

  1. Bem visto, Luis. Só por milagre esta corja vai para a cadeia.

  2. LuisMoreira says:

    Uma corja. Só não percebo como é que isto não é caso de justiça.

  3. António Soares says:

    Nem este
    nem outros idênticos.A justiça só tem mão forte,pró zé povinho…é o que tenho visto até agora.

  4. maria monteiro says:

    A Justiça paternalmente abençoa quem se mete em escândalos financeiros, políticos, sociais… (verdadeiro manancial de milagres divinos) e castiga o pobre do zé povinho que apenas comete o crime de ir sobrevivendo

  5. graça dias says:

    a justica já tem tanto que fazer. era o que faltava perder tempo . e nos os contribuintes todos a pagarpara a justica, saúde, ensino, etc, e nao se v~e nada. que se arranjei o povo nao tem juizo.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.