O Comboio em Barca d'Alva

Para quem se recorda ainda do que era chegar de comboio a Barca d’Alva. Eu recordo e, num tempo, vinte anos passariam sem que eu lá voltasse. Na verdade, quem nunca viajou na Linha do Douro não devia ter direito à nacionalidade…

(foto de autor desconhecido, provavelmente finais da década de 70 do outro milénio)

Comments

  1. Luis Moreira says:

    belos postes,Dario!

  2. maria monteiro says:

    Pronto… lá tenho que descobrir a linha do Douro.

  3. Eu viajei, da Régua até Vidago. Como foi possível acabar-se com essa fonte de beleza e de prazer?

  4. irene portela says:

    eu estou absolutamente de acordo!…quem nunca passou por ali, não conhece das mais belas paisagens deste país e aquele comboiozinho, era delicioso!…

    • José Teixeira says:

      Para ver as amendoeiras em flor,iamos de comboio até essa ultima estação que para muitos deixa saudades

  5. Eu sou dos que não se recorda do comboio em Barca d’Alva. Só me recordo de ver, ano após ano, como os vidros outrora sujos mas intactos já desapareceram, as paredes do armazém arrancadas, os telhados a cair. E as árvores que crescem na linha…

  6. Jorge Machado says:

    Muito bem, os meus sinceros parabéns por esta imagem, porquê faz-me recordar os meus tempos de infância. É preciso quase recuar 30 anos para recordar esta imagem, a locomotiva 1400 da CP com as carruagens sorefame e o Ferrobus da Renfe
    Foi neste local onde nasci, bem junto a placa giratória onde em tempos se viravam as locomotivas a vapor, uma vez que o meu pai era ferroviário nessa linda Aldeia.

  7. hugo rodrigues says:

    com esta linda fotografia, recordei a minha infancia, onde ia para a Estação regalar-me com os Comboios,as b600, as sorefame as locos da renfe verdes e o respectivo ferrobus,mas só com uma unidade motriz e nas cocheiras carruagens antigas de madeira,á entrada das mesmas, o abastecedor de agua das locomotivas sempre a pingar, bilheteira unica no país e o armazem com vagons de mercadorias com aquele cheiro inesquecivel a criosoto.
    parabens ao fotografo
    tanto dinheiro mal gasto em coisas terriveis, e com a nossa historia, ninguem faz nada

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.