O pódio mundial do PIB sem Europa

image

Com uma evolução de 10,3% do PIB em 2010, a China desalojou o Japão do 2.º lugar da economia mundial – 4,47 biliões de euros é o valor atingido pela economia chinesa, contra os 4,20 biliões do Japão (3,9% de crescimento). Na frente, continuam os EUA com 10,97 biliões.

EUA, China e Japão, e agora por esta ordem, afirmam-se como as três principais economias mundiais, prevendo alguns analistas que, dentro de 10 anos, os chineses venham a arrebatar o 1.º lugar aos norte-americanos.

No pódio do PIB mundial, de Europa nem um leve cheiro. Envelhecido, com um conjunto de economias fragilizadas e socialmente doente, o ‘Velho Continente’ vai-se arrastando penosamente em múltiplas crises. A UE está sujeita às ordens da Sra. Merkel, coadjuvada por Sarkozy; e salpicada, aqui e acolá, pelas aventuras de Berlusconi (o eterno ‘sex symbol’).

Sem estratégia e líderes à altura dos desafios que enfrenta, a Europa está condenada ao fracasso como potência social, cultural e económica. Afasta-se gradual e intensamente do estatuto e papel que já teve no mundo.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.