Há Moralidade? Então Comemos Todos!

SÓ O FEZ PORQUE PÔDE

.
O sr Armando, entrou pelo CS dentro, passou à frente de toda a gente e exigiu um atestado médico. A drª médica, passou-o.
Ele, prepotente só o fez porque pôde, ela, submissa fê-lo porque quis.
Ele, prepotente, simboliza tudo o que de mal tem a nossa sociedade e o regime vigente, feitos de compadrios e de situações de favor, de falta de ética e de nenhum pudor, de arrogância e de mentiras, ela, submissa, também.
Porque se queixam, a directora do CS e a médica, então?
As queixas dos utentes, essas, eu entendo. Um gajo entra por ali dentro e faz o que eles gostariam de poder fazer? Está mal!
Ou comem todos ou há moralidade.
Agora a drª que fez o que bem entendeu, ou seja, que passou o atestado pedido pelo prepotente, queixa-se de quê? De ter feito um favor e depois se ter arrependido porque houve quem protestasse e não quer agora ficar mal vista?
Ora valha-me Deus!!!
.

4 comentários em “Há Moralidade? Então Comemos Todos!”

  1. Não entendo tanta indignação! Só pode ser falta de Cultura Rural… Uma VARA senhores, anda sempre À FRENTE dos “bois”.

  2. PORTUGAL SOLUÇÃO

    1.Ter um governo com dez ministérios e o 1º ministro dar pareceres quinzenais a Bruxelas
    2. Dispensar o presidente da república e também não dar cavaco aos partidários da monarquia
    3. Passar a 150 deputados e círculos uninominais
    4. Abolir metade das juntas de freguesias, fazer tb uma revisão das câmaras municipais
    5. Dispensar os governadores civis e nem pensar em regionalização
    6. Fechar o BPP e o BPN
    7. Avançar com o TGV, mas não com o 2º aeroporto nem com mais uma ponte no Tejo
    8. Prender Mário Soares, José Sócrates, Armando Vara, Dias Loureiro, Valentim Loureiro, Isaltino Morais, entre outros, por danos financeiros e morais à sociedade
    9. Privatizar alguns elefantes do estado como a RTP
    10. Mudar o Hino

    ASSINADO: Manifestação 12 Março

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.