Samardã

O comboio pára para respirar e beber na estação de Samardã,  Linha do Corgo, anos 70.