Indignai-vos!

Indignai-vos!, uma palavra escrita sobre fundo vermelho na capa do livro de Stéphane Hessel (1917). Um livro publicado em 2011 e que andou nas «mãos dos cidadãos mais indiferenciados» em todos os locais públicos em França.

Deve ter muito para dizer um homem que conheceu praticamente todo o século XX, que privou com Sartre, que se juntou a De Gaulle, que recebeu a influência de Walter Benjamin, Marcel Duchamp ou Picasso, e que ainda redigiu, com poucos, a Declaração Universal dos Direitos do Homem, adoptada pela ONU em 1948.

Essa obra, disponível em Portugal (com prefácio de Mário Soares), define bem o momento que muito países  atravessam (não só a França de Sarkozy que Hessel conhece tão bem). As palavras da nossa indignação pelo actual estado do país encontram o seu eco nas de Hessel. Imagino o livro nas mãos dos portugueses, que o levarão para o trabalho, lendo-o no metro – que cada vez mais estão a usar- , que beberão um café lendo umas tantas páginas com aceno positivo da cabeça e, quem sabe, servir-se-ão do livro como cartaz nas várias manifestações que vão sendo feitas.

Indignai-vos! – foi escrito por um homem que passou por tempos mais difíceis, convenhamos, como as duas grandes guerras e continua a achar motivos fortes para gritar Indignez-vous!

«A indiferença é a pior das atitudes», escreve. Defende que temos que nos comprometer a mudar a sociedade agindo de forma corajosa contra os problemas modernos. As suas palavras de esperança são «coragem e confiança». A reprodução do quadro Angelus Novus de Klee na obra de Stephane Hessel, pretende transmitir a ideia de que a «tempestade» que o anjo tenta conter e repelir é, no fundo, o próprio progresso.

Esperemos que sim, que esta crise seja apenas um passo a dar no sentido do progresso.

Comments

  1. MAGRIÇO says:

    A indiferença não é só a pior das atitudes: começa a ser uma doença social difícil de debelar.

  2. antonio oliveira says:
  3. Céu Mota says:

    Bem visto António Oliveira!

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.