Aventação de Amor

Chamo-me Joaquim. Quando prospecto amigos, dou tudo por eles. Amigo é qualquer coisa de incondicional e que não verga, mesmo se cheiramos mal da boca em dada hora ou se nos foge a dor para as palavras mais acres que o léxico segregue. É bonito quando dizemos o que pensamos e alguma arte nos assiste no processo. Mais belo ainda quando gritamos não gostar desta ou daquela gente, de coisas, de estados emocionais negros que englobam hoje tantos portugueses.

Chamo-me Carlos também. Amigo é um milagre de autenticidade que não se traveste de dúbia mudança, consoante a opinião dominante ostracize e menoscabe o outro, porque conceituar o outro forja-se caso a caso e sob o máximo de proximidade. Nessa medida, nada mais rochoso que um Amigo. Ora, se há território-pátria onde hoje me reencontro-língua e me faço feliz, em décadas de prospecção, vitórias e derrotas, é este, do Aventar. Quando ainda não aventava, sentia-me já próximo, muito próximo, deste modo plural de ler a nossa realidade e de exigi-la mais justa.

Agora que avento, dou por mim a amar cada um dos meus companheiros, não por pensar como eu ou dardejar verbo como eu, mas pela maravilha de ser cada qual como é, enriquecendo-me de saberes e de afectos gratuitos, incondicionais-rocha. Por falar em pedregulhos, poderá cair o Carmo e a Trindade, eu amo-os e verterei todo o meu sangue, hiperbólico e real, por eles.

Comments

  1. João Paulo says:

    Que grande declaração de amor 🙂 Obrigado, JP

  2. jorge fliscorno says:

    Cumcaneco 🙂


  3. Ó caro Palavrossavrvs, e então para os comentadores não há nada, nada, nada?

    • palavrossavrvs says:

      Todo o meu afecto e gratidão, sem dúvida, minha querida Isabel.


      • Caro Palavrossavrvs, pela parte que a mim toca, extremamente agradada recebo e devolvo em dobro esses belos sentimentos! 🙂

        P.S. – Como escreve bem o meu caro amigo quando não lança mão daquele vocabulário… hum…. “específico” digamos!

  4. maria celeste ramos says:

    o seu espaço de amigos é um “espaço” fechado ???

  5. António Fernando Nabais says:

    Foi uma das declarações de amor mais bonitas que já recebi. Até fiquei com o teclado embargado.


  6. Já se me acabaram os lenços e a baba. Lindo. O costume.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.