E um historiador, não se arranja?

Em defesa do “cientista político” Rui Ramos exibe hoje o Público o sociólogo Barreto das mercearias e o genial João Carlos Espada.