Eleições italianas: um dia para a história

Beppe-Grillo

O Movimento 5 Estrelas, um espaço de cidadania num país onde a esquerda há muito se tornou residual, é o grande vencedor das eleições italianas (em 3º lugar com 25%).

O homem da Goldam Sachs, Monti, é derrotado em toda a linha. Berlusconi perde qualquer relevância política (sim, ainda existe, como uma vez me explicava um amigo italiano, “é aqui que vive o Papa”). Em 1º ficam aqueles que nem uma coisa de esquerda sabem dizer, e a quem agora cabe o ingrato papel de deixar arrastar o sistema político italiano, até próximas eleições (o caos, que horror, escreve-se no Público, como se a austeridade liberal não fosse mais caótica do que isto).

Parabéns Beppe Grillo, afinal é possível devolver a política aos cidadãos.

Depois da Grécia, a Itália.  O caminho demora a ser trilhado,  mas basta ver os resultados nas sondagens da Syriza depois de uma votação com uma pistola germânica apontada à cabeça dos gregos para entender que é esse o caminho da Europa atacada pela especulação financeira,, por um Euro à medida de alguns, e pela inevitável austeridade deliberadamente apontada ao estado social, aos direitos conquistados pelos europeus ao longo de dois séculos.

Nós por cá votamos no sábado, caminhando pelas ruas, primeira etapa: correr com eles. O resto logo se vê.

8 comentários em “Eleições italianas: um dia para a história”

  1. Boas…
    O Povo Italiano está a ver se nos rouba o 1º Lugar da Burrice Eleitoral?!?
    Não consigo obter outra conclusão, principalmente depois de ver que ainda há +- 30% dos Votantes que votam no SILVIO BERLUSCONI 🙄
    E ainda por cima com afluência mínima histórica, segundo a mesma fonte!

    Realmente com MANADAS com esta “qualidade” é fácil DOMINAR…. 😉

  2. Ó voz, cá para mim, se achas que o “povo” ( os cidadãos, as pessoas, os eleitores, o pessoal, o que lhe queiras chamar) é manada, és tão boi como alguns.

        1. Ao contrário de ti… Que continuas na mesma…

          Mas amadeu, agora escusas de vir com esta ladainha, tivesses coragem de me chamar boi logo ao início…

          Da próxima vez que vieres bater à minha porta, usa as mãos…
          😎

          1. Não tiveste a coragem de chamar manada a quem quiseste ?
            Levas na mesma moeda.

  3. Atenção que no governo as decisões doem !!!
    Qualquer soma de vontades tem de ter uma forte coesão emocional e de organização.
    Sabe onde estão os tubarões e os abutres quando chegam as dificuldades? Em todo o lado, à espreita e a ver em que mãos estão as armas !

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.