E o burro sou eu?!

A política tornou-se a arte da mentira, generalização – ou sublimação – da arte de enganar. É por isso que, quando Teresa Leal Coelho diz que o PSD ficou perplexo com a deliberação (o acórdão) do Tribunal Constitucional, eu apenas verbalizo: “E o burro sou eu”?!

3 comentários em “E o burro sou eu?!”

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.