Troviscal oferece emprego a Relvas

OBR-troviscal

A Junta de Freguesia do Troviscal fez notícia: ofereceu ao desempregado Relvas um lugar nos seus quadros de pessoal. Precário, mas emprego.

O Troviscal é terra de tradições republicanas numa zona que nem por isso. Tem  a sua Banda Filarmónica, herdeira de outra que chegou a ser excomungada pelo Bispo de Coimbra, num episódio que ali me foi contado, perdi os detalhes porque é gente de bem receber, mas passa pelas festas da Rainha Santa em Coimbra e tem um final delicioso: mandam avançar a autoridade para os fazer calar e prender o maestro, e este responde com a arma que tem à mão: tocam o Hino Nacional e lá tiveram as forças da ordem de se colocarem em sentido.

Voltando ao Relvas: devem estar a pensar que aquilo é gente de esquerda. A Assembleia de Freguesia tem 5 eleitos pelo CDS e 4 pelo PSD, como é natural num concelho onde o PS é um partido de extrema-esquerda (sei do que falo, ali vivi).

É nestas alturas que se confirma: temos um governo que não governa, tenta um golpe de estado, e no fundo já nem existe.

Comments


  1. Tro-vis-cal! Tro-vis-cal!

Trackbacks


  1. […] o site Aventar, a Assembleia da Junta de Freguesia do Troviscal tem 5 eleitos pelo CDS e 4 pelo PSD. Mas foram […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.