Vossa Inefável Vampireza

Mário Soares está lúcido? Como uma porta. Ubíquo como o ar que respiramos, omnipresente como o metano que largamos, o viscoso Mário Soares faz primeira página de jornais dia sim, dia sim. Conspira desesperadamente pela queda do Governo. Ninguém o escuta sem sentir que escuta o estertor de um passado que nos deu azar. Ouvi-lo, lê-lo é ler e ouvir a desesperada mumificação conveniente de um estado de coisas insustentável. Agora quer federar as esquerdas antes que a lógica anti-corrupção subjacente às reformas estruturais na Europa o fodere a ele e ao Regime que, desde o princípio, sempre lhe correu de feição ao bolso e ao instinto manipulador.

É uma pena ver a senilidade em forma de estômago e facção espernear tanto nestes últimos dias de Pompeia, dias em que a voragem pela subversão do jogo democrático, se levada às últimas consequências, poderá tragar os fundamentos mínimos da governabilidade e da credibilidade nacionais. É a Europa que nos quer formatar segundo um modelo novo, competitivo no contexto mundial. Esse caminho reformista é uma questão de sobrevivência europeia à prova de Gelatina Seguro e à prova das veleidades pseudo-esquerdistas do Bochechas Soares.

O Governo Passos-Portas não cairá por vontade própria nem está na vontade geral dar um passo de anão maior que a perna nacional. Sondem as ruas, caralho. Perguntem ao cidadão comum se sente ter alguma coisa a ganhar contra a corrente europeia numa clarificação eleitoral antecipada. Há orgasmos de Esquerda a mais perante os problemas de corrupção instalada, subdesenvolvimento económico, vícios e distorções sociais, que este Regime Plutossocialista acoberta, à pala de demagogos, interesseiros e vampiros gerais toda  a vida, como Vossa Inefável Vampireza, dr. Soares! Já aparece muito. Só falta crescer.

Comments

  1. Amadeu says:

    Tomaras tu ter 10% da lucidez do bochechas.
    Os vampiros que tu queres sei eu.

    http://youtu.be/53dqcGNltpA

  2. nightwishpt says:

    olhá reforma fresquinha! Já vão voltar os contractos de formação para o angelo.
    O que é preciso é manter os lucros das máfias, os preguiçosos que morram à fome.

  3. Dora says:

    “subversão do jogo democrático”, escreves tu.

    E fico sem perceber o Quem é que subverte o “jogo democrático”.

    E também me interrogo sobre o “jogo” aliado ao “democrático”.

    Numa altura em que é cada vez mais necessário não brincarmos com palavras e conceitos, vens tu ,mais uma vez, palavrossaurius, jogar com palavras ocas e conceitos badalhocos.

    Ainda te hei-de ver a escrever algo inteligente.

  4. Dora says:

    “poderá tragar os fundamentos mínimos da governabilidade e da credibilidade nacionais”

    ????

    Sempre pelos “mínimos”. Fica-se sempre pelos “mínimos”.
    Nunca se almeja os máximos.

    Ó mar salgado
    Quanto do teu sal
    São lágrimas de Portugal

  5. António Fernandes de Aveiro says:

    Eu por acaso até gosto do Soares, pela liberdade e tal. É um ícone mesmo que tenha pés de barro.

    Mas mesmo que o odiasse (se é que sou capaz de odiar um homem apenas público para mim) não me imagino com este grau de azedume, má educação, falta de nível.
    Palavrxxxx, não te consumas nesses ódios.

  6. adelinoferreira says:

    Este palavrosaureo ê maníaco,obsessivo com-
    pulsivo e malcriado. É perigoso andar à solta
    e tem descendentes.Vai acabar numa gaiola
    chinesa.

  7. José Manuel Coelho Vieira Soares says:

    Parabéns palavrossavrvs !

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.