Carlos Abreu Amorim perdeu a virgindade

Facto compreensivelmente saudado pelo Ricardo Araújo Pereira.

Os sindicatos

Em Abril deste ano publiquei um texto sobre a questão do financiamento dos sindicatos que tanta tinta fazia correr em Espanha. Agora, a RTP fez uma “investigação” sobre o tema em Portugal. Deixo aqui o vídeo do programa e uma breve nota: 6 milhões???????????

OCDE esqueceu-se do ‘momento do investimento’, diz Gaspar

OCDE(2)

Vítor Gaspar teve hoje um dia negativo. Ingrato, diria. Com coragem, e referindo-se ao ‘programa de ajustamento’ de que é o gestor governamental, confessou:

Certamente sou responsável por vários erros.

Registe-se a humildade. Todavia, exige-se-lhe mais detalhes quanto à natureza e impactos quantitativos e qualitativos, nas condições de vida dos portugueses, do maior erro cometido: a defesa intransigente das políticas austeridade, agravando o programa do ‘memorando de entendimento’ da troika – lembro a retirada dos subsídios de férias e de Natal, bem como a antecipação do IVA de 23% aplicado à energia eléctrica e gás em Setembro de 2011, quando o memorando estabelecia Janeiro de 2012.

Queixou-se do PS quanto ao memorando, mas tem reduzida moral para se lamentar. Assumiu a direcção do programa com entusiasmo e empenho, fazendo sentir aos portugueses, e de que maneira!, a deterioração da vida do dia-a-dia. Desemprego, pobreza, miséria, insensibilidade social, entre outros, são pecados a expiar arduamente. Mas, permanecerá incólume e até progredirá na carreira, a nível internacional. [Read more…]

É o penta

Depois da taça, da liga e do campeonato, SLB ganha Vítor Gaspar, o homem que corta todas as jogadas. E o Passos Coelho também, já se sabia.

Jesualdo Ferreira

Após a saída do Porto, em 2009, regressa a um «grande».

Quando o Plutossocialismo Estrebucha

Camarada, estás cansado da Austeridade? Podes voltar à balbúrdia e à roda livre dos cheques amistosos dos Governos Socialistas, onde crescimento e emprego, emprego e crescimento nasciam como cogumelos ao estalar de um dedo. Basta nacionalizares o teu voto e sugerires às Esquerdas o que às Esquerdas incumbirá, assim que a Suprema Maçã Podre do Regime, sempre a maquinar conspirações, acabe de as federar para derrubar este Governo e talvez o próximo e o próximo, se, à vez, cada um dos próximos governos não agradarem ao Exmo. Plutossocialista Maçónico, papa de todos os Plutodemocratas.

Só gostava de perceber como é possível que amanhã Mário Soares, basicamente a Maçã Podre Suprema do Regime, consiga reunir na mesma sessão, na Aula Magna, as direcções do PS, PCP e Bloco de Esquerda e estas aceitem deixar-se federar-conspurcar numa espécie Peitaça Comum que funcionará como Espantalho das intenções e simpatias da Opinião Pública e como Repelente Fatal do voto útil ulterior numa alternativa a Bruxelas, a Berlim e às políticas que o BCE prescreve para o nosso carcinoma regimental corrupto e decadente, sob o obediente Governo de Salvação pós-PEC a que Passos-Gaspar presidem. [Read more…]

As Redes Sociais e as campanhas eleitorais #2

redes_sociais

 

Toda esta discussão começou com um artigo de opinião de Hugo Gomes no Jornal de Negócios e passou para a Briefing num artigo meu.

No essencial estou de acordo com Hugo Gomes. Aquilo que nos separa, em termos de opinião, são meros pormenores quase insignificantes. Para mim, mais importante do que saber se a presença nas redes sociais significa um potencial de crescimento eleitoral, é considerar que uma não presença ou uma presença amadora pode ser um risco de consequências nefastas para o candidato.

Mais importante é saber se um post num blogue, um tweet, um vídeo ou uma fotografia podem ser trágicas para uma candidatura. Sobretudo quando, segundo os números mais recentes, cerca de 5 milhões de portugueses estão ligados à internet e destes muito mais de 70% usam diariamente as redes sociais. Ou seja, estamos perante um número substancial de potenciais eleitores que circulam pelas redes. Num estudo académico que estou a realizar peguei num exemplo prático: as eleições directas no PSD em 2010 e a importância do digital na vitória de Pedro Passos Coelho. Sem me alongar muito (até por não me ser permitido tal) posso sempre afirmar que a estratégia digital integrada foi importante. E importante não significa decisiva. Ou….

[Read more…]

O manguito de Jeremy Irons