833

Número aproximado de portugueses que mandaram o “malandro” do Cavaco Silva “ir trabalhar”,  na sua página do Facebook. Ainda não foi.