701 Insultos. Tenha um sempre à mão


Vários amigos têm-se queixado de que começam a faltar-lhes os adjectivos para qualificar os titulares de cargos públicos e as suas acções. Tendo tomado conhecimento do facto, e no sentido de procurar ajudar quem se encontra nesta condição, através de mão amiga (Carlos Robalo), cheguei a um blog onde isto está listado e a crescer: O imponente coiso.

Afinal, amanhã é a Greve Geral e não queremos que ninguém se sinta embaraçado por lhe faltar a palavra certa. Sublinho que nenhum dos termos utilizados tem qualquer conteúdo homofóbico, xenófobo, racista, sexista ou whatever. São mesmo só insultos, despidos destas semânticas. Ok?

É só escolher e insultar à vontade:

  • Aabafa-a-palhinha, abécula, abelhudo, abichanado, abutre, agarrado, agiota, agressivo, alarve, alcouceira, alcoviteira, aldrabão, aleivoso, amalucado, amarelo, amaneirado, amaricado, amigo-da-onça, analfabeto, analfabruto, animal, anjinho, anormal, apanhado do clima, aparvalhada, apóstata, arrelampado, arrogante, artolas, arruaceiro, aselha, asno, asqueroso, assassino, atarantada, atrasado mental, atraso de vida, avarento, avaro, ave rara, aventesma, azeiteiro
  • Bbacoco, bácoro, badalhoca, badameco, baixote, bajulador, baldas, baleia, balhelhas, balofo, banana, bandalho, bandido, barata tonta, bárbaro, bardajona, bardamerdas, bargante, barrigudo, basbaque, basculho, básico, bastardo, batoque, batoteiro, beata, bebedanas, bêbedo, bebedolas, beberrão, besta, besta quadrada, betinho, bexigoso, bichona, bicho do mato, biltre, bimbo, bisbilhoteira, boateiro, bobo, boca de xarroco, boçal, bode, bófia, boi, boneca de trapos, borracho, borra-botas, bota de elástico, brochista, bronco, brutamontes, bruto, bruxa, bufo, burgesso, burlão, burro
  • Ccabeça de abóbora, cabeça-de-alho-chôcho, cabeça-de-vento, cabeça no ar, cabeça oca, cabeçudo, cabotino, cabra, cabrão, cábula, caceteiro, cachorro, cacique, caco, cadela, caga-leite, caga-tacos, cagão, caguinchas, caixa de óculos, calaceiro, calão, calhandreira, calhordas, calinas, caloteiro, camafeu, camelo, campónio, canalha, canastrão, candongueiro, cão, caquética, cara-de-cu-à-paisana, caramelo, carapau de corrida, careca, careta, carniceiro, carraça, carrancudo, carroceiro, casca grossa, casmurro, cavalgadura, cavalona, cegueta, celerado, cepo, chalado, chanfrado, charlatão, chatarrão, chato, chauvinista, chibo, chico-esperto, chifrudo, choné, choninhas, choramingas, chulo, chunga, chupado das carochas, chupista, cigano, cínico, cobarde, cobardolas, coirão, comuna, cona-de-sabão, convencido, copinho de leite, corcunda, corno, cornudo, corrupto, coscuvilheira, coxo, crápula, cretino, cromo, cromaço, criminoso, cunanas, cusca
  • Ddebochado, delambida, delinquente, demagogo, demente, demónio, depravado, desajeitado, desastrada, desaustinado, desavergonhada, desbocado, desbragado, descabelada, desdentado, desengonçado, desgraçado, deshumano, deslavado, desleal, desmancha prazeres, desmazelada, desmiolado, desengonçado, desenxabida, desonesto, despistado, déspota, destrambelhado, destravada, destroço, desvairado, devasso, diabo, ditador, doidivanas, doido varrido, dondoca, doutor da mula russa, drogado
  • Eegoísta, embirrento, embusteiro, empata-fodas, empecilho, emplastro, enconado, energúmeno, enfadonho, enfezado, engraxador, enjoado da trampa, enrabador, escanifobética, escanzelada, escarumba, escrofuloso, escroque, escumalha, esgalgado, esganiçada, esgroviada, esguedelhado, espalha-brasas, espalhafatoso, espantalho, esparvoado, esqueleto vaidoso, esquerdista, estafermo, estapafúrdio, estouvada, estroina, estropício, estulto, estúpido, estupor
  • Ffaccioso, facínora, fala-barato, falhado, falsário, falso, fanático, fanchono, fanfarrão, fantoche, fariseu, farrapo, farropilha, farsante, farsolas, fatela, fedelho, feia-comó-demo, fersureira, figurão, filho da mãe, filho da puta, fingido, fiteiro, flausina, foção, fodido, fodilhona, foleiro, forreta, fraco-de-espírito, fraca figura, franganote, frangueiro, frasco, frígida, frícolo, frouxo, fufa, fuinha, fura-greves, fútil
  • Ggabarola, gabiru, galdéria, galinha choca, ganancioso, gandim, gandulo, garganeira, gato pingado, gatuno, gazeteiro, glutão, gordalhufo, gordo, gosma, gralha, grosseiro, grotesco, grunho, guedelhudo
  • Hherege, hipócrita, histérica
  • Iidiota, ignorante, imaturo, imbecil, impertinente, impostor, incapaz, incompetente, inconveniente, indecente, indigente, indolente, inepto, infame, infeliz, infiel, imprudente, intriguista, intrujona, invejoso, insensivel, insignificante, insípido, insolente, intolerante, intriguista, inútil, irritante
  • Jjavardo, judeu
  • Llabrego, labroste, lacaio, ladrão, lambão, lambareiro, lambe-botas, lambéconas, lambisgóia, lamechas, lapa, larápio, larilas, lavajão, lerdo, lesma, leva-e-traz, libertino, limitado, língua-de-trapos, língua viperina, linguareira, lingrinhas, lontra, lorpa, louco, lunático
  • Mmá rês, madraço, mafioso, maganão, magricela, malcriado, mal enjorcado, mal fodida, malacueco, malandreco, malandrim, malandro, malfeitor, maltrapilho, maluco, malvado, mamalhuda, mandrião, maneta, mangas-de-alpaca, manhoso, maníaco, manipulador, maniqueista, manteigueiro, maquiavélico, marado-dos-cornos, marafado, marafona, marginal, maria-vai-com-as-outras, maricas, mariconço, mariola, mariquinhas-pé-de-salsa, marmanjo, marrão, marreco, masoquista, mastronço, matarroano, matrafona, matrona, mau, medíocre, medricas, medroso, megera, meia-leca, meia-tijela, melga, meliante, menino da mamã, mentecapto, mentiroso, merdas, merdoso, mesquinho, metediço, mijão, mimado, mineteiro, miserável, mixordeiro, moina, molengão, mongas, monhé, mono, monstro, monte-de-merda, mórbido, morcão, mosca morta, mostrengo, mouco, mula, múmia
  • Nnababo, nabo, não-fode-nem-sai-de-cima, não-tens-onde-cair-morto, narcisista, narigudo, nariz-arrebitado, nazi, necrófilo, néscio, nhonhinhas, nhurro, ninfomaníaca, nódoa, nojento, nulidade
  • Oobcecado, obnóxio, obstinado, obtuso, olhos-de-carneiro-mal-morto, onanista, oportunista, ordinário, orelhas-de-abano, otário
  • Ppacóvio, padreca, palerma, palhaço, palhaçote, palonça, panasca, paneleiro, panhonhas, panilas, pantomineiro, papa-açorda, papagaio, papalvo, paranóico, parasita, pária, parolo, parvalhão, parvo, paspalhão, paspalho, passado, passarão, pata-choca, patarata, patego, pateta, patife, patinho feio, pato, pató, pau-de-virar-tripas, pedante, pederasta, pedinchas, pega-de-empurrão, peida-gadoxa, pelintra, pendura, peneirenta, pequeno burguês, pérfido, perliquiteques, pernas-de-alicate, pés de chumbo, peso morto, pesporrente, petulante, picuinhas, piegas, pilha-galinhas, pílulas, pindérica, pinga-amor, pintas, pinto calçudo, pintor, piolho, piolhoso, pirata, piroso, pitosga, pobre de espírito, pobretanas, poltrão, popularucho, porcalhão, porco, pote de banhas, preguiçoso, presunçoso, preto, provocador, proxeneta, pulha, punheteiro, puta, putéfia
  • Qquadrilheira, quatro-olhos, quebra-bilhas, queixinhas, quezilento
  • Rrabeta, rabugento, racista, radical, rafeiro, ralé, rameira, rameloso, rancoroso, ranhoso, raquítico, rasca, rascoeira, rasteiro, rata de sacristia, reaccionário, reaças, reles, repelente, ressabiado, retardado, retorcido, ridículo, roto, rufia, rústico
  • Ssabujo, sacana, sacripanta, sacrista, sádico, safado, safardana, salafrário, saloio, salta-pocinhas, sandeusapatona, sarnento, sarrafeiro, sebento, seboso, sem classe, sem vergonha, serigaita, sevandija, sicofanta, simplório, snob, soba, sodomita, soez, somítico, sonsa, sórdido, sorna, sovina, suíno, sujo
  • Ttacanho, tagarela, tanso, tarado, taralhouca, tavolageiro, teimoso, tinhoso, tísico, títere, toleirão, tolo, tonto, torpe, tosco, totó, trabeculoso, trafulha, traiçoeiro, traidor, trambolho, trapaceiro, trapalhão, traste, tratante, trauliteiro, tresloucado, trinca-espinhas, trique-lariques, triste, troca-tintas, troglodita, trombalazanas, trombeiro, trombudo, trouxa
  • Uunhas de fome, untuoso, urso
  • Vvaca gorda, vadio, vagabundo, vaidoso, valdevinos, vândalo, velhaco, velhadas, vendido, verme, vesgo, víbora, viciado, vigarista, vígaro, vil, vilão, vingativo, vira-casacas
  • Xxenófobo, Xé-xé, xico esperto
  • Zarolho, zé-ninguém, zelota, zero à esquerda
republicado de ergo res sunt

Comments


  1. Qual é a diferença entre esta publicação e a outra?


    • Já percebi, Pedro Marques. Houve para aqui uma trapalhada, o João José Cardoso tentou ajudar-me a corrigir e, provavelmente a coisa ficou postada duas vezes. Peço desculpa, foi nabice minha. Não há diferença a não ser na ordem das coisas e aqui está o post completo sem sair do Aventar.
      Abraço
      JS


      • Não tem mal.
        Abraço.


        • Obrigado.
          Sou maçarico nisto do wordpress. Já para me entender com o meu blog é uma trabalheira. Então com o Aventar, que é um mundo como o Pedroto…. Ontem estava com pressa e juntar pressa à nabice só podia dar asneira. Deu!
          Preciso de umas lições valentes. 🙂
          Abraço
          JS


          • Isso com calma vai lá. Força.


          • Eu continuo a trabalhar na coisa. Mas sou muito impaciente e há coisas que só são possíveis com trabalho árduo e tempo. Aprender alguma programação é uma delas. Mas está a produzir frutos. Já consegui publicár aquele vídeo mas não consegui pór a imagem mais pequena uma vez que assim está toda pixelizada.
            Obrigado pela ajuda e pelo encorajamento!
            Abraço 🙂


    • Vou deixar a decisão para o JJC. E também a execução, se houver algo a fazer. Para não complicar mais….


  2. Acho que faltam aí alguns insultos usados pelo Capitão Haddock. Mas não os li todos.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.