Sai!

al_ahram_edição_2_julho_2013
«Último aviso» escreveu-se ontem em letras gordas na capa do diário egípcio Al-Ahram.  Apesar da demissão de vários ministros, Moahmed Morsi persiste, diz que “o povo [o] elegeu em eleições livres e justas” e que o Egipto (isto é, ele) não cederá às forças da oposição. Nas ruas a populaça grita “Sai!”. Morsi, Passos, a mesma cegueira.

Comments


  1. Devíamos seguir o exemplo do Egipto , do Brasil , da Turquia , da Líbia e da Tunísia , para obrigar Passos e todos os outros
    políticos do género no mundo a saírem .
    É preciso uma revolução mundial , até na América e Rússia ,

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.