Coelho, Portas, Cavaco e o Rato

A montanha pariu um rato. Um rato muito caro, mas um rato.

Agora, com o reality-show a meio, a pergunta que me fica é: que fazer com um coelho, uma porta, um cavaco e um rato?

Agradeço respostas ou propostas.

Comments

  1. Carlos Roque Santiago says:

    As respostas são como aquelas que se colocam no domínio da Fé.
    A verdade encontra-se dentro de cada um de nós, ou seja, ´´é encontrada, ou não, por cada um.
    Escolheu-se em eleições estes senhores, não fizeram nenhum golpe de estado.
    Por isso, cada um de nós deve romper quando a isso for chamado com este “triste espectáculo” escolhendo homens e mulheres que cumpram:
    – orçamento público sem deficit;
    – reduzam número de deputados e suas mordomias se para isso for preciso mudar a Constituição;
    nacionalizem pelo menos uma empresa estratégia de energia;
    – Justiça idependente.
    Bem, isto parece um pouco ilusório, não!?
    Faz-me lembrar o elogia da loucura de Eramo de Roterdão.


  2. Não se pode esperar grande coisa a não ser mais ratos e mais
    ratoeiras para o Povo , para que os ratos continuem a dominar .

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.