Cartoline d’Italia (1) (da Firenze) – Un luogo troppo strano*

Elisabete Figueiredo

Cartolina 1A

gostava de dizer que não é estranho. na verdade, talvez não seja. mas parece. vens a um lugar onde estiveste já tantas vezes. onde repetes algumas fotos ou, mesmo, todas. onde falas uma língua que amas tanto (talvez mais) que a tua própria. vens a um lugar que é, fora do teu país, aquele onde estiveste mais vezes. com um calor abrasador. com um frio cortante. com demasiada chuva. com neve como raramente viste. um lugar que te é demasiado familiar. onde já tiveste a ‘tua’ lavandaria, a ‘tua’ trattoria, o ‘teu’ café, as ‘tuas’ casas e, até, o ‘teu’ coração. vens a este lugar e gostavas de dizer que não é estranho… (se leste Vila-Matas, sei que me compreendes bem).

buonanotte d’un luogo troppo strano.

IMG_5634

* um lugar demasiado estranho

Comments


  1. Recebi 5 comentários sobre Catoline d´Italia e não percebi
    a razão de ser deste comentário . Vou ver os outros e de-
    pois verei se vale a pena responder ou não . o que me in-
    trigou é que este assunto já vai pelo menos em 5 episódios .

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.