Critérios

Quando vou a uma manif não pergunto quem vai, pergunto qual a sua causa. Ou então, e logo na primeira semana de liberdade em Abril de 74, não teria ido a nenhuma, todos os Pides à solta por lá andavam.

Comments

  1. Nuno Mateus says:

    Sem pretender pôr em causa a justeza da sua posição, eu não posso deixar de me interrogar se, por exemplo, as causas defendidas estes senhores são mesmo aquelas que se tenta fazer querer que são:
    https://obeissancemorte.wordpress.com/2015/01/11/marche-republicaine-uma-provocacao-obscena/
    Felizmente, parece que a esmagadora maioria das pessoas que se manifestaram acharam que não e preferiram ir manifestar-se noutro lugar.
    https://obeissancemorte.wordpress.com/2015/01/12/embuste/


    • Que é de uma hipocrisia e oportunismo descomunal lá estarem, inteiramente de acordo. O meu ponto é outro: isso nunca me impediria de participar nesta manifestação, até porque lhes estaria a fazer a vontade.


  2. A comparação é disparatada JJC. No 25 do 4 os pides estavam bem mais escondidos do que os líderes da selfie da casta. 😉


  3. o rescaldo da manifestação é o seguinte
    Só as tvs e os chefes de estado não perceberam que 2 a 4 milhões de pessoas lhes passaram à frente marimbando-se para a presença deles e sem nem sequer lhes dirigir um simples “bonjour”.
    Eu sei, estava lá.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.