2014: o ano mais quente

“Quem mora na margem sul [do Mondego] sabe-o melhor que ninguém.”
Publicada hoje na secção da Figueira da Foz do Diário As Beiras, mas enviada na passada terça, antes das vagas marítimas invadirem ontem as praias e a mata florestal a sul do Mondego. Fotos de Pedro Cruz e António Agostinho (blogue Outra Margem).
20150122AnoMaisQuente201410872847_988222207872717_8243466811806564579_o

Comments


  1. Isto é mesmo muito grave. Rompidas as dunas, tudo pode acontecer.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.