Onde assino?

Por vezes perco a paciência para guerrilhas esquerda vs. direita. Para Portugal há muito que a perdi. Com o meu dinheiro escusam de contar e mesmo trabalhando e vivendo fora da choldra, faz este ano uma década que voei pela última vez na “Take Another Plane”.

Querem um referendo? Pois que o façam, eu assino para promover a sua realização. E depois viabilizem financeiramente a coisa, escusam é de pedir o meu esforço, pois além de indisponível para financiar o elefante branco, alternativas não me faltam. Os contribuintes accionistas da Portugal S.A. que decidam…

 

Comments

  1. Konigvs says:

    Também assino já.
    E os referendos até podem dar lucro, em vez dos 15M€ de prejuízo habituais, basta ter imaginação. Faz-se um daqueles peditórios de fim-de-semana na RTP, com pleibeques à maneira e os contribuintes ligam para o 760. Depois sorteia-se um carro qualquer quando as urnas fecharem. Dá dinheiro aos TLP franceses, à RTP e IVA com fartura.
    Ah, que chatice, eu não posso votar porque a minha operadora não permite que ligue para o 760. De qualquer das formas eu também não voto em referendos, geralmente faço um risco de alto a baixo no boletim.

  2. Nightwish says:

    Também acho que sim, façam como os hospitais e os CTT, resolvem-se já todos os problemas do país. Com metade dos voos, ninguém se queixa do atraso.

  3. Maquiavel says:

    Se tivesse viajado na TAP mais frequentemente, com certeza que näo estaria täo azedo!
    A única com servic,o quase täo bom é a Lufthansa. De resto, é de lixo para baixo. Mas se calhar o António de Almeida gosta de ser tratado como gado. Há gente para tudo!


    • Gosto de planear umas férias e não ser obrigado a alterações de última hora porque entraram em greve. Gosto de embarcar num avião e ver horários cumpridos. Cada um escolhe os prestadores de serviço que entende. Principalmente quando há concorrência. Não me tenho dado mal com as escolhas…
      Caso volte a confiar na TAP, poderei rever a postura. Irei a Portugal em Junho passar alguns dias de férias, só se fosse louco é que equacionaria dispondo de alternativas comprar bilhetes numa companhia cujos sindicatos se podem lembrar de entrar em greve nesse periodo. Quero ir, sei que vou e pronto… Nesta questão penso apenas como cliente.

      • Nightwish says:

        Ora bem, os habitantes das ilhas, por exemplo, agradecem a sua preocupação.
        Embora, eu, por mim, dá-va-lhes independência.

      • Maquiavel says:

        Tou cheio de pena sua. Pobrezinho que chega ais tarde à instância de férias. Tadinho.
        Os meus atrasos na TAP tiveram a ver com greves, mas dos controladores aéreos franceses. O servic,o da TAP foi sempre impecável. Mas lá está, há quem goste de levar onde levam as galinhas. Continue a voar com a Air France e com a British Airways ou até com a SAS, gostos näo se discutem!
        E os vöos da TAP ficaräo mais respiráveis!

  4. A.Silva says:

    Ó burgesso vai-te catar e aproveita para desaparecer.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.