Concordo.

Passos defende que se deixe “para trás das costas os fatalismos” [P]

Comecemos pela coligação. Não há fatalismo se não for reeleita.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.