Sai mais uma fornada de estágios para mascarar os números do desemprego

Desemprego

Enquanto as tropas do PaF acenam com o milagre da recuperação do emprego, a realidade, essa malvada, insiste em deitar por terra as mais variadas tentativas de manipulação do departamento de engenharia política do desemprego. Depois das notícias da passada semana, o Publico revelou ontem novos números que deitam por terra a propaganda laranja-azul. Sócrates prometeu 150 mil empregos, Passos Coelho destruiu o dobro: 298 mil empregos desapareceram no espaço de 4 anos. Notável.

Ainda sobre este tema, surgem também novos desenvolvimentos num outro pilar do embuste passista: o esquema dos estágios profissionais, aquele que o Banco de Portugal denunciou em Dezembro passado como parte do estratagema dedicado a mascarar os números reais do desemprego. O JN faz referência ao pontapé de saída do terceiro round do Programa de Estágios Profissionais da Administração Central, com um novo pacote de 1437 vagas, quiçá para empregar os dedicados abanadores de bandeiras que ainda se encontravam sem colocação. Até porque as Legislativas estão à porta e os comícios não se enchem sozinhos.

O problema é que este programa, segundo afirma a fonte oficial do INA – Direção-Geral da Qualificação dos Trabalhadores em Funções Públicas citada pelo JN, “não prevê qualquer contratação após a realização do estágio“. Porém, os números do desemprego sofrerão nova descida artificial, muito conveniente para as ambições eleitorais da coligação. A narrativa pode estar gasta mas ainda funciona. Já as filas nos centros de emprego, tal como as das sopas dos pobres, continuam muito concorridas. Possivelmente tão concorridas com as filas dos multibancos gregos. Valha-nos Deus que Portugal não é a Grécia!

Trackbacks


  1. […] pode ser uma questão sazonal, um esquema qualquer de engenharia política ou um programa de estágios manhosos oculto, daqueles que o governo PSD/CDS-PP usava para aldrabar os números do desemprego. Pode ser […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.