Estações de comboios no centro da cidade é regra na Europa

comboios estacoes centrais na europa

Só um país com parolos no poder, suportados por parolos que os elegem, teria a ideia de retirar do centro da cidade uma estação de comboios.

A ver: Santa Apolónia: fora de linhas.

A ler: Santa Apolónia, que Manuel Salgado quer fechar, é a terceira estação do país

Comments


  1. Santa Apolónia está longe de ser a principal estação de Lisboa. Faz falta como depósito do material circulante, mas a nível de passageiros, Sete-Rios, Entrecampos, Oriente, Rossio, Cais do Sodré, movimentam de longe mais gente que Santa Apolónia. Está só justifica para o tráfego urbano e para isso uma linha basta.


    • O Alfa Pendular leva 301 passageiros dos quais, em dias e horários de grande afluência, 100 desembarcam ou embarcam em Santa Apolónia – 1/3.
      Obviamente, Sete Rio ou Entrecampos têm maior movimento diário de passageiros, na sua imensa maioria passageiros de viagens suburbanas de 10, 20 ou 30 km. Por isso mesmo, são estações de diferente natureza e com propósitos bem diferentes. Seria impossível colocar o tráfego de longo curso – a grande especialidade de Santa Apolónia – em Sete Rios, Rossio, Cais do Sodré ou Entrecampos também pela razão que os comboios não caberiam quer por falta de linhas quer por falta de comprimento das plataformas. Ao contrário do que sugere, Santa Apolónia não é uma estação suburbana na qual bastasse apenas existir um via.

      É, a par de Porto Campanhã e Oriente, uma das três principais estações de longo de Portugal, servida pelo metro, frente a um cais fluvial e a 1,5 km (de metro ou autocarro) de uma importante estação fluvial que liga Lisboa à margem esquerda do Tejo.


  2. Os “parolos” ingleses são tão tolos que me obrigam a pagar 40 libras sempre que vou a Londres (aquela capital da parvonia), só para ir para o centro. São uns líricos parolos estes ingleses!!

    • j. manuel cordeiro says:

      Você é um perito no tiro ao lado. Foi ao centro centro a partir de onde e como?

      Mas é irrelevante. Se se der ao trabalho de olhar para a imagem do post verá lá uma das estações bem no centro de Londres. E se consultar um mapa verá que Paddington, a maior estação para quem vem do oeste, está igualmente no centro. Aliás, o melhor será ver lista de hubs em Londres.

      E este é tema do post.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.