Nem os refugiados escapam ao eleitoralismo do PàF

é a sensação com que fico após ler o titulo do último texto do deputado velho, velho, velho, velho dos tempos da União Nacional, no Expresso.