«O ‘Jornal de Negócios’, relativamente à maioria parlamentar de esquerda que rejeitou o governo da coligação PàF,

tem tido um comportamento impróprio de um jornalismo da democracia, i.e., responsável, imparcial e consonante com os interesses do País.»
[Carlos Fonseca disse-o e agora repetiu-o]

jornal_negocios

Comments

  1. Santiago says:

    Se fosse só o Jornal de Negócios Sarah…junta-lhe o Observador, o DN, o i, a RTP, a SIC…isto dá uma rica procissão…

    • Helder P. says:

      Honra seja feita ao jornal Público e à direcção de informação da TVI (que também tem os seus dias), a comunicação social esta toda alinhada com a Direita e a tese da TINA. A imprensa económica então, são os “Avante!” do neoliberalismo.
      Farto de jornalistas que já tomam as suas opiniões mais interiorizadas como factos.

      A esquerda está a precisar de um “Observador”. 😉


    • Pois é Sara mas se alguém os meter em tribunal você é a primeira a defende-los nem que seja para agradar ao seu sindicato. Nunca como agora tive tanto desrespeito e desconfiança pela classe jornalista. E como diz mais acima o comentário do Santiago já são demasiados os meios de comunicação com agenda própria e que em vez de informar mentem e manipulam.

      • Sarah Adamopoulos says:

        Diz isso por causa do que escrevi a propósito da Cofina, claro. Desde já o informo que não só não pertenço ao Sindicato como, mesmo se pertencesse, nunca diria o que quer que fosse com o fito de agradar-lhe.

  2. joão lopes says:

    ameaças é so o que se ouve/lê nas pasquinada direitola…e é esta “direita” que quer governar Portugal? querem é governar-se a eles proprios,isso é obvio(o medina então parece um prof primario da estado novo,tá aqui esta a dar reguadas aos perigosos vermelhos)

  3. Santiago says:

    Sou jornalista, embora desempregado, mas nunca me vendi a quem quer que fosse ou cedi a pressões. Independentemente do assunto em causa, e passou-me pelas mãos assuntos que diziam respeito a conflitos trabalhadores/patrões, a minha veia “esquerdista” nunca me impediu de ser imparcial e relatar os eventos tal e qual como os vi e como os intervenientes os me relataram… Respeito o Código Deontológico e, acima de tudo, respeito-me…algo que alguns camaradas não fazem

  4. Nightwish says:

    Acertam tanto na política como nos negócios e na economia…