Paga o que deves, Benfica


Dizem os adeptos do Vasteras, que exigem ao Benfica o pagamento de uma dívida de 250 mil euros, referentes à compra do central Lindelöf. Vai daí, fizeram este vídeo, onde apelam aos encarnados que cumpram com os seus compromissos, o que, dada a recém-anunciada saúde financeira de ferro do clube, não deve ser muito difícil. Vá, paguem o que devem e deixem o Vasteras viver o sonho!

Comments

  1. primeiro convinha determinar-se se de facto o Benfica lhes deve alguma coisa. porque isso ainda está por demonstrar. o Benfica diz que esse pagamento (extra, lembro, é uma cláusula tipo bónus) só teria lugar se acontecesse antes da data X.

    quando houver uma decisão das instâncias competentes, paga-se. não antes.

    • Cláudio Silva says:

      Isso de determinar a culpa nas instâncias competentes é coisa que não se aplica a estes fieis soldados das facções da bola.

      Pensemos nas motivações deste texto, como um exercício meramente sociológico ou psicológico ou lá o que é…Pah tenho um blogue, não tenho nada para escrever, pah, e agora (?!), vamos ler as noticias na jornaleira cá do burgo, olha, noticia sobre a bola, uissh, vai mesmo daqui. Que nível de coisa!

      Apenas fica a dúvida se o juiz de bancada pertence ao clube que não paga às modalidades e que viu certo jogador de hóquei a pedir em pleno jogo dinheiro para comer ou se, por outro lado, pertence à colectividade que não paga a ninguém incluindo à empresa de limpeza. Talvez pertença às duas.
      Além da duvida fica também aquela saudade de quando se pensava com a cabeça e não com a ponta dos dedos. Vou meter um like!

      • Cláudio, sou adepto do FCP, o que não significa que pactue com a podridão que impera no futebol, no meu ou noutro clube qualquer. Este post foi mais uma brincadeira do que outra coisa qualquer, pena que, para alguns, brincar com o futebol seja proibido.

  2. Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

    O Sporting e/ou o Porto (no âmbito da Santa Aliança) atacam agora nas páginas sérias (ou deveriam ser) do Aventar…
    Há num dito português que se aplica nestes casos que cito de forma não vernácula:
    “Quando se não sabe fazer amor, até os testículos estorvam”.

    • Ernesto, já nos conhecemos há algum tempo e, como sabe, não costumo escrever sobre este tema. Foi uma brincadeira, nada mais, e não me parece que retire qualquer seriedade ao Aventar. Não vale a pena entrarmos por esses caminhos.

      • Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

        Confirmo caro João Mendes.
        Confirmo e compreendo-o porque também gosto de bola e também tenho clube. Mas não pretendo discutir as coisas da bola que, para mim, começam ao sábado e terminam ao domingo.
        Naturalmente que respeito as suas opções e não me apercebi que era uma brincadeira que, de mais a mais, com a muita “inflamação” no mundo da bola, pode dar origem a estas coisas. E a bola nunca é discutida com razão, algo que no Aventar me habituei a ler.
        Por isso, saí a terreiro.
        De resto eu, que o leio sempre com toda a atenção, fiquei surpreendido, dado o ar sério que sempre põe nas suas publicações.
        Havendo o mal entendido, naturalmente que me desculpo pelo facto de, desta vez, o ter levado a sério.
        Cumprimentos

    • Ricardo Santos Pinto says:

      Sim, Ernesto, o Benfica nunca atacou nas páginas sérias (ou deveriam ser) do Aventar…

      • Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

        Ricardo.
        Vamos ser sérios e encarar o assunto fora clubismos.
        Quando o Benfica atacar (eu não sei o que é o Benfica e só fiquei a saber que o João Mendes é do Porto porque ele mesmo o confessou), eu teria justamente a mesma posição.
        Nas coisas da bola comigo, não vale a pena justificar o que um faz só porque o outro faz.

  3. João says:

    Trazer bola para aqui é capaz de não ser uma grande ideia…

  4. Hélder P. says:

    Eu a pensar que o Aventar era um blogue sério para discutir os assuntos realmente importantes e vem o João Mendes com um post pueril sobre guerrilhas futeboleiras do desporto mais sobrepresentado na opinião pública em Portugal.
    Que desilusão.

  5. Ricardo Ferreira Pinto says:

    Não tens de te desculpar perante os leitores com supostos devaneios, João. Embora eu não escrevesse este post, porque acho que não tem qualquer importância, tens todo o direito de o escrever. Quem não gosta, passe à frente…

  6. António Fernando Nabais says:

    Esta mania de que só se pode ser sério se se for sisudo sempre me fez impressão. O Aventar é um grupo de amigos e/ou conhecidos que escreve sobre aquilo que lhe apetece, o que pode e deve incluir dizer mal do Benfica, que é o meu clube mas não é uma divindade intocável ou acima de brincadeiras, pelo menos para mim. A história que o João conta aqui, ainda por cima, a ser verdade, corresponde a uma mau comportamento do Benfica. Se assim, for, paga o que deves, Benfica. E espero que este não seja o último texto sobre futebol, ero o que faltava!

    • Ricardo Ferreira Pinto says:

      O Benfica não deve nada. O Lindelof não fez até à renovação o número de jogos que obrigaria a pagar os tais 250 mil euros ao clube sueco.

Trackbacks

  1. […] nem queria muito regressar ao tema do futebol, depois dos puxões de orelhas que levei no outro dia a propósito de uma brincadeira com um vídeo d…, mas como desta vez o assunto até diz respeito ao meu clube, acho que consigo um desconto e talvez […]

  2. […] pouco que me digam o que é sério ou o que não é. O que deve ser publicado num blogue ou o que não deve ser. E Maria Leal, que descobri ontem […]

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s