Morreu de cancro

Doença prolongada não existe, senhores jornalistas. Cancro, chama-se cancro! Deixem de ter medo das palavras.

Comments

  1. Konigvs says:

    Vida. Acho que é o nome dessa doença que se prolonga até depois se morrer dela.

  2. Atento says:

    Mas ainda insistem jornalista? Eu pensei que se já tinham instinto… e mais não digo porque posso ser multado , ou então preso, como foi o caso da investigadora Maria de Lurdes, que esta detida na Prisão de Tires. A cumprir uma pena por dizer umas verdades!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.