Maia: Em nome do Pai


Nas próximas eleições autárquicas o município da Maia enfrenta um desafio absolutamente fora do normal no nosso país.

Para que se perceba: O Professor José Vieira de Carvalho foi nomeado presidente da Câmara Municipal da Maia em 1970 e a ela presidiu até 1974. Depois da revolução voltou a ser candidato em 1979 e venceu. Foi presidente da Câmara Municipal da Maia até ao seu falecimento em 2002. Sucessivamente eleito com maioria apoiado pelo PSD e CDS. Foi um dos fundadores do CDS (tendo sido Secretário-geral e vice-Presidente) e mais tarde, com o cavaquismo, aderiu ao PSD, partido onde militou até ao seu falecimento. Sempre se definiu como um Democrata-Cristão.

Após o seu falecimento em 2002 foi substituído pelo seu vice-Presidente, António Bragança Fernandes que venceu, igualmente, todas as eleições seguintes até 2013. Agora, por força da Lei de limitação dos mandatos, Bragança Fernandes não se pode recandidatar. Em suma, o PSD sozinho ou em coligação com o CDS governa a câmara da Maia desde 1979. Até aqui, nada de muito diferente do que acontece noutros concelhos. Para estas eleições de 2017, o PSD entendeu candidatar o actual vice-Presidente da Câmara, Domingos da Silva Tiago (que já era vereador no tempo do Professor Vieira de Carvalho). Nada que não seja habitual. Só que…

Desta vez, o Partido Socialista resolveu fazer uma surpresa. E que surpresa: apresentar como seu candidato, independente, José Francisco Vieira de Carvalho. Nada mais, nada menos que o filho do Professor José Vieira de Carvalho. O pai foi uma personalidade que ficou na história da Maia e, muito justamente, é considerado o obreiro da Maia moderna pela forma como transformou o concelho da Maia de simples terra de agricultores num dos mais pujantes e modernos territórios do norte de Portugal. O professor Vieira de Carvalho foi uma personalidade fascinante e considerado por muitos como um dos mais brilhantes autarcas portugueses de todos os tempos.

Este acordo entre o PS Maia e José Francisco Vieira de Carvalho pode baralhar as contas de umas eleições que pareciam perfeitamente decididas à partida. Até porque, pelo que se vai sabendo, o José Francisco Vieira de Carvalho vinha a trabalhar há algum tempo na hipótese de apresentar uma candidatura independente e com este acordo, o PS vai ter nas suas listas vários candidatos (Freguesias e Assembleia Municipal) que podem representar um interessante somatório de apoios e votos, que de outra forma dificilmente teria. Ou seja, o PS pode conseguir uma coisa que à partida era totalmente impensável: ganhar as eleições autárquicas de 2017 na Maia.

Para baralhar ainda mais todo este novo cenário, temos que a filha de Vieira de Carvalho, a Ana Miguel Vieira de Carvalho, é vereadora do PSD na Câmara da Maia e ao que tudo indica será, novamente, candidata pelas listas do PSD (sendo provável a manutenção da coligação com o CDS). Ou seja, vamos ter dois filhos de José Vieira de Carvalho na próxima disputa eleitoral: o filho como candidato a presidente da autarquia pelo PS e a filha como mais que provável número três da lista do PSD/CDS. Dois irmãos em campos opostos, o que não sendo a primeira vez não deixa de ser original quando são filhos de um antigo presidente da respectiva autarquia.

Tudo somado e se não existirem mais surpresas daqui até à entrega das listas, vamos ter uma campanha animada na Maia. E vamos ficar a saber se o destino vai pregar uma partida daquelas: será que vai ser através do filho que o PS Maia vai vingar as sucessivas derrotas que teve com o pai?

Comments

  1. Paulo Marques says:

    900 anos depois e ainda andamos a discutir se devíamos ter sucessão sálica ou semi-sálica.

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s