Da série “Carlos Abreu Amorim gosta de manipular os seus seguidores do Facebook”


Se não gosta, parece. Em Abril foi uma actualização de foto de capa no Facebook, onde figurava um dos jovens que o anterior governo simpaticamente mandou emigrar, como se fizesse parte de um novo lote de “convidados”, versão esquerda radical. Manipulados os leitores, o que se seguiu foi o linchamento da Geringonça que, aparentemente, seria culpada pela emigração em massa em 2012. Michael Seufert, ex-deputado do CDS-PP, foi um dos animadores daquele momento de pura aldrabice e, que se saiba, o deputado Carlos Abreu Amorim, que pela posição que ocupa deveria ter uma postura mais responsável e adulta, nunca se retractou. E isso diz-nos algo sobre a ponderação e a seriedade com que o deputado exerce as funções para as quais foi eleito.

Poucos meses depois, Carlos Abreu Amorim agarra-se a uma capa desonesta do I, aqui devidamente exposta e desmontada pela página Os truques da imprensa portuguesa, para fazer o considerando que podemos ver em cima. Nem vou perder tempo a analisar esta manipulação grosseira, que resulta de uma capa que usa a imagem de uma manifestação da malta dos colégios privados, de Junho de 2016, para falar na revolta dos professores em 2017. Mas poucas coisas ilustram tão bem o estado a que chegou a oposição neste país, em especial a protagonizada pelo PSD, do que um deputado da oposição se agarra a aldrabices como esta para fazer política. É triste e os seus seguidores mereciam mais respeito. Again.

Comments

  1. José Feliciano Cunha de Sotto Mayor says:

    não só gosta como é o “emprego” dele. a manipulação é o programa político da direita. cá e não só.

  2. Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

    Carlos Abreu Amorim é um verdadeiro talibã. Não me esqueço – isto independentemente dos amores clubísticos de cada um – que quando o seu clube foi campeão pela última vez, esse talibã, deputado da Nação, na sua conta de facebook veio chamar de magrebinos e mouros aos que perderam o campeonato.
    Carlos Abreu Amorim é uma pessoa que não tem noção do lugar que ocupa. Deixou há muitos anos a responsabilidade num qualquer baú abandonado.
    Por isso a irresponsabilidade da atitude dele aqui descrita em nada é diferente daquela que descrevo. Um irresponsável, será sempre um irresponsável e não é por ter o estatuto de Deputado que o deixa de ser.

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s