Prémios de Turismo: Paga Zé….

Primeiro foi o Elidérico Viegas que denunciou o esquema e entretanto foi corrido (disso já se falou no Aventar)

Já se sabe que a brincadeira com o nosso dinheiro custou mais de 80 mil euros em Braga. E como foi no Porto (e em Lisboa sem esquecer a Madeira e o Algarve)? Só para a malta saber e perceber. Sobretudo, perceber como se criam mitos de génios da gestão, como se justificam salários milionários de certos gestores públicos e como os responsáveis do Turismo de Portugal nos vendem a banha da cobra.

Comments

  1. Santeiros da Trofa - Coronado says:

    “O liberalismo é fixe, pá!”

  2. abaixoapadralhada says:

    Os libericas querem o sol na eira e chuva no nabal. Viva 182

  3. Filipe Bastos says:

    Plenamente de acordo.

    Este tipo de prémios é win-win: todos ganham. Quem os atribui ganha umas lecas; quem os compra ilude uns papalvos; quem os publicita tem assunto de que falar; quem acredita neles fica feliz e vaidoso por ‘escolher o melhor’.

    Basta ver o World Travel Awards, onde Portugal ‘ganha’ há anos (antes era o Dubai). Para qualquer incauto que julgue que basta concorrer, o fee inicial são 500 a 600 euros. Há depois milhares de prémios mundiais, por região e por país, tudo bem espremido para sacar ao máximo possível de pagantes.

    Há outros vencedores: como diz o post, os pseudo-gestores públicos que se gabam dos pseudo-prémios. Quem os paga é que não ganha nada. Só paga. É assim a democracia representativa.

    • Rui Naldinho says:

      Mas não é isso que faz a NOS , a VODAFONE, a MEO, a TRANQUiLiDADE, a MEDIS, a EDP, a GALP, a CGD , a MEDICARE, a UNICER, a SAGRE, …
      Toda a gente ganga prémios. Um tem a melhor fibra, outro o melhor 5G, outra o melhor seguro automóvel, outro o melhor seguro se saúde, outro a spread mais baixo, outro a conta ordenado com a taxa de manutenção mais baixa, outro a melhor “bijeca”, já o outro para não ficar a chorar o melhor “Fino-Imperial”..,
      Quando passei para a EDP Comercial, um call centrista mal pago, explorado até ao tutano, veio-me com a treta de que sendo cliente da rede comercial EDP electricidade e gás, tenho ambas, tinha um desconto de 6% na facturação.
      Eu todo contente:
      – Porreiro, pá !
      No final da conversa diz-me o Call Centrista:
      – Vai no entanto ter de aderir ao seguro de equipamentos domésticos EDP, com um custo mensal de 7,30€. Uma vantagem, dizia ele, pois fica com um seguro.
      – Tem de fazer inspeções de cinco em cinco anos às instalações de gás e electricidade, etc, etc,…

      Respondo eu:
      Mas assim, poupo o quê?
      Resposta dele:
      Pelo menos fica com um melhor serviço e mais garantias?
      É lógico que apeteceu-me logo mandá-lo para a **** que o pariu!
      Mas não fiz! O homem há vive no limiar do desemprego. Merece-me respeito.
      Já se disse o Mexia, apertava-lhe vigorosamente os escroto, até o ver subir cinco centímetros na ponta dos pés, à minha frente.

      • Paulo Marques says:

        À parte, mas é importante não ignorar as inspecções aos equipamentos de aquecimento de água, pelo menos. Os modos de falha não são agradáveis.

      • Filipe Bastos says:

        Claro que sim. E quando algum não tem prémio, inventa-se novo prémio. Qualquer dia surge o ‘Melhor Serviço Prestado Numa Quinta-Feira Quando Chove’, atribuído por um painel unânime de três jurados rigorosamente imparciais.

        Os contactos de call centers deixam-me com remorsos. Há pouco atendi uma moça da MEO, Altice ou lá o que é. Um daqueles ‘questionários’ para vender uma treta qualquer.

        Disse-lhe que só respondia por email. Ela: se pudesse ser por email não faria sentido a minha função, o senhor não acha? É verdade. Não faz mesmo sentido. Esta pessoa devia ter uma função melhor – para ela e para a sociedade.

  4. Paulo Marques says:

    Se não apoiam, é porque não apoiam. Se apoiam, é porque apoiam.
    É tudo xuxalismo, pá. Os trabalhadores é que perdem sempre nesta versão estranha.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.