81 Mil. Porque um número é um número, é um número, é um número.

O mês de Março vai ficar para a história recente do Aventar. No conjunto leitores/ouvintes, o blogue ultrapassou os 81 mil leitores e ouvintes num só mês, números que já não se viam há muitos anos e que confirmam uma tendência de crescimento verificada desde o último trimestre de 2020. E a estes valores não foram incluídas nem as visualizações nem as estatísticas das nossas páginas nas redes sociais (onde se destaca o Twitter com uma subida consistente nos últimos meses).

A criação do PodAventar, o podcast do blogue Aventar, ajudou e muito a estes números que fazem lembrar os tempos áureos da blogosfera portuguesa. Sem esquecer a chegada de novos membros a esta equipa que continua, 12 anos depois, a renovar-se. Contudo, existe outra razão para este crescimento: a blogosfera enquanto espaço de Liberdade. Aqui (WordPress) o senhor Zucker ainda não consegue introduzir a censura. Aqui (Aventar) todos os autores são livres de escrever o que lhes apetece. Como não estamos sozinhos na blogosfera, nem ela está morta, sabemos que existe um novo fenómeno de regresso de alguns antigos bloggers à blogosfera portuguesa. O que mais nos alegra é ver uma nova geração a chegar. A geração dos nascidos depois de 1990. Cheios de curiosidade. Cheios de vontade. Com uma força tremenda. O Aventar pode orgulhar-se de ser o primeiro dos “velhinhos” a receber essa nova geração e a criar essa mistura de gerações. Sempre com uma regra: Liberdade. Liberdade de expressão. Liberdade de pensamento.

A todos os nossos leitores o devido e sentido: Obrigado.

“Obrigado, Troika”

A manife é promovida pela Rita Ferreira de Vasconcelos. O Miguel de Vasconcelos, afinal, deixou descendência.

miguel-de-vasconcelos

Parabéns

A mulher com quem partilhei os últimos 20 anos está de parabéns.

Tenho usado muito do tempo, que deveria ser dela, no Aventar.

Hoje vou retribuir, usando o Aventar, por uns minutos, só para ela.

É favor sair por uns momentos. Obrigado.

Obrigado pelo apoio na tragédia do Chile

A tragédia que abanou ao Chile este 27 de Fevereiro de 2010 e que continua a punir sem motivo nenhum, tem sido acompanhada pelas pessoas do Aventar e pelos meus colegas da vida académica, pelos vizinhos e amigos. Queria agradecer. O  Chile está  dobrado, mas nunca quebrado. O futuro já começou a partir dos escombros…