Desde que TODOS os que são bons cheguem ao topo

 

Os professores custam muito dinheiro ao país!
 

Escreve o Luís num post anterior que nem todos os Professores podem chegar ao topo da carreira.

Os argumentos  são meramente adminitrativos e burocráticos – em nenhum momento se refere ao que isso acrescenta de qualidade ao sistems. Claro. Não podia. Não acrescenta.

Vamos colocar a coisa com simplicidade.

A preços de hoje um Professor custa ao estado em salários, qualquer coisa na casa do 1 milhão e 300 mil euros… Durante 40 anos.

Sim, isso: se um professor começar hoje e percorrer toda a carreira durante 40 anos vai ganhar essa ENORME fortuna: 1,3 milhões.

É este o problema do país? Não brinquem comigo!

E devolvo a pergunta: eu e o Luís somos os dois excelentes e conseguimos, ambos, obter tudo o que nos era exigido para alcançar o escalão seguinte. Trabalhamos duramente durante meia dúzia de anos para o conseguir. No fim, só há vaga para um. O que vai acontecer ao que não sobe? O que vai ele investir nos anos seguintes?

 Notas de rodapé:

Prejuízo dos hospitais públicos

BPN

Lucros do BCP, da GALP, da…

Comments

  1. Luis Moreira says:

    João Paulo, eu digo o mesmo, quando não há bom senso, moral e ética vindas de cima, de qum tem que dar o exemplo cai-se nestes exageros. Seguem-se os exemplos que apresentas.

  2. Luis Moreira says:

    Há um que é melhor que o outro. Esse exmplo é de todos os dias em todas as profissões. A vida não é justa? Pois não. Entretanto a própria associação dos Administradores Hospitalares, onde há trinta anos todos chegam a todo o lado sem avaliação, já percebeu que é insustentável. Pediu a avaliação, única forma de manter o prestígio e a seriedade.