Ou mesmo do séc. XXII

Tolentino Mendonça, talvez o grande intelectual português do século xxi (sic), padre, poeta, arrasa a insignificância das vidas desperdiçadas.

Martim Avillez Figueiredo

Comments

  1. Luis Moreira says:

    Tolentino, não tem os seus livros nos escaparates.É preciso perguntar por eles.

  2. maria monteiro says:

    Tolentino Mendonça também devia contagiar os seus alunos seminaristas a perderem o medo … a voz deles também se devia sobrepor ao desperdício baseado num ensino com vistas estreitas.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.