MAT ao contrário

1. É ou não verdade que a rejeição pelos responsáveis do poder judicial baseia-se numa interpretação altamente subjectiva e, face ao que veio a público, criticável, de factos (e não de direito) por orgãos não colegiais, que, ainda por cima, no caso do Presidente do STJ, não analisa matéria de facto regularmente há cerca de 12 anos, dado essa função não caber, em regra, ao STJ?

2. É ou não verdade que José Sócrates é o primeiro português que, face a despachos como os do teor do Juiz de Aveiro e do Procurador Adjunto, não é sequer alvo de inquérito?

3. É ou não verdade que, face a atentados ao Estado de Direito, até, em ultima ratio, o recurso a armas é legitimo, sendo, por isso, a questão da violação do segredo de justiça perfeitamente irrelevante?

4. É ou não verdade que, o despacho emanado do Presidente do STJ é subjectivo e fruto de uma interpretação e convicção de dois únicos magistrados (os mais políticos de todos)?

5. É ou não verdade que sem o apoio de José Sócrates, Pinto Monteiro não seria procurador?

6. É ou não verdade que, o Presidente do Supremo Tribunal de Justiça é um orgão não colegial, e que o teor das escutas o desmente e o descredibiliza?

7. É ou não verdade que José Eduardo Moniz saiu da TVI, que o Jornal de Sexta acabou, que José Manuel Fernandes já não é director do Público, e que Sócrates falou com o director de programas da SIC que era necessário resolver o problema Crespo?

8. É ou não verdade que, o jornal Sol foi cúmplice da violação do segredo de justiça para defender valores muito mais elevados do que a eficácia das investigações e o bom-nome de quem não é sequer dele digno?

9. É verdade que, da leitura da peça jornalística do jornal Sol, se pode inferir, a partir de uma conjugação global dos factos que complementam as escutas, uma interferência do 1º ministro na liberdade de imprensa.

10. É ou não verdade que, o nome de José Sócrates só aparece ligado a este alegado plano porque é ele o principal beneficiado?

11. É ou não verdade que, um negócio deste tipo implica negociações complexas, jogos de bastidores, conjugação de interesses, processos de intenção e outras coisas mais que, só quem não vive neste mundo, pode achar estranho as conversas entretanto reveladas pelas escutas?

12. É ou não verdade que é legítimo e faz todo o sentido que uma empresa com golden share como a PT, com interesses óbvios no sector da comunicação social, seja impedida de os prosseguir enquanto o Estado detiver a mencionada golden share?

13. É ou não verdade que um Sócrates chateado não dá jeito nenhum à PT?

14. É ou não verdade que Sócrates é o principal beneficiado com as negociatas?

15. É ou não verdade que a palavra do 1º ministro tem, por mérito próprio, uma cotação inferior à da lata?

16. É ou não verdade que, o negócio que estava por detrás do alegado plano de controlo da comunicação social não se concretizou porque correu politicamente mal?

17. É ou não verdade que a permanência de José Eduardo Moniz na direcção da TVI incomodava Sócrates, e que o caso de Moniz até é dos menos relevantes face ao que já está a ser demonstrado?

18. É ou não verdade que Vara tentou acabar com o Jornal de Sexta?

19. É ou não verdade que, entre voluntários e involuntários, há muita, demasiada, gente que discorda com o Governo a sair dos seus postos?

20. É ou não verdade que Santana Lopes foi mandado embora por muito menos?

Comments

  1. Luis Moreira says:

    Os amigos do Sócrates é que o tramam…

  2. maria monteiro says:

    é ou não verdade que o Estado entra com o dinheiro e as IPSS e ONGs arrecadam os lucros?

  3. Eduardo Castro Marques says:

    ui….sim, a maior parte é verdade…mas gostei especialmente da última…surpreendes-me todos os dias..gostei da lucidez!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.