Apenas um pequeno remate, amigo Raul Iturra

 

Permita-me que o trate assim. A mim trate-me por Adão Cruz. Aliás, não sou professor, sou assistente graduado em chefe de serviço hospitalar. Mas isso pouco interessa.

Em primeiro lugar as suas melhoras e os meus agradecimentos pelas suas elogiosas considerações.

O estímulo, a imagem, a emoção, o sentimento, a consciência, a reflexão e a decisão são elos da mesma cadeia fenomenológica, mas são diferentes e não podem ser misturados aleatoriamente dentro de um texto ou de uma conversa.

A magia da vida tem a simplicidade do pensamento de uma criança. Não a compliquemos. Entendamos essa simplicidade, dentro dos complexos fenómenos que a envolvem. Para isso é indispensável a razão, o nosso bem supremo e a mais segura fonte do nosso conhecimento.

O facto de a ciência nos proporcionar um profundo conhecimento dos mecanismos fisiológicos do paladar, isso não nos impede de saborear um bom prato e sentir a satisfação “psicológica” de uma agradável refeição.

O facto de a ciência nos permitir um profundo conhecimento sobre a fisiologia da função respiratória não nos impede de respirar, e não altera em nada a homeostática função da respiração, orgânica e “psicológica” no nosso organismo.

A lógica científica permite-nos, já hoje, um grande avanço na interpretação neurobiológica da área afectiva, e apresenta-nos um caminho francamente prometedor no desvendar progressivo da neurobiologia dos sentimentos. Não é pelo facto de os sentimentos serem a resultante de inúmeras comunicações interneuronais, e de complexas interacções das nossas células cerebrais, que vamos deixar de os vivenciar humanamente e em toda a sua plenitude.

Daqui para diante é, como eu costumo dizer, pôr o carro à frente dos bois. Através de portas como as presunções, as convicções e as crenças, entrar no campo da irracionalidade. Nesse campo eu não entro, por natureza e por respeito à minha razão.

Comments

  1. Luis Moreira says:

    Serviço público, caro Adão!

  2. Ainda bem, amigo Luis.

Trackbacks

  1. […] This post was mentioned on Twitter by Blogue Aventar. Blogue Aventar said: Apenas um pequeno remate, amigo Raul Iturra:   Permita-me que o trate assim. A mim trate-me por Adão Cruz. Aliás, … http://bit.ly/bDAcyf […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.