Submarinos: O mundo ao contrário

 
É o mundo ao contrário. Se no negócio de corrupção dos submarinos estivesse envolvido Sócrates ou alguém do PS, seria uma campanha negra, um ataque pessoal, maledicência pura, um golpe baixo. O PS manifestaria todo o seu apoio ao Governo e todos seriam mantidos no seu lugar até serem corridos. O «Jornal de Notícias» ocuparia umas linhas sobre o assunto numa obscura página interior.

Como os envolvidos são do CDS e do PSD, o foi desde logo suspenso, o PS dá todo o apoio ao Governo, o Ministro da Malhação promete ajudar a Justiça e Alberto Martins ainda não veio falar do Ministério Público. O «Jornal de Notícias» enche a primeira página com o assunto.
Definitivamente, é o mundo ao contrário.

Comments

  1. Nuno Castelo-Branco says:

    Espera aí… O Ricardo Rodrigues, não é “o tal” que também esteve envolvido em “coisas”? Aquele mesmo que parece o chefe dos gremlins, com madeixa branca e tudo?

  2. Luis Moreira says:

    É assessor… mas isto é uma campanha negra, um insulto, uma calúnia, um ataque pessoal, uma calúnia, um insulto…

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.