Casa Pia: Carlos Cruz condenado a 7 anos


Carlos Cruz – O senhor televisão é condenado a 7 anos – o nome mais importante do processo é punido exemplarmente. Vá ou não preso de imediato devido aos recursos, a sua carreira acabou.
Carlos Silvino «Bibi» – 18 anos de prisão para aquele que foi em simultâneo um réu e uma vítima da Casa Pia.
Jorge Ritto – Seria um escândalo se o embaixador saísse livre, tais eram as provas contra ele. 6 anos e 8 meses.
Ferreira Dinis – O médico do Ferrari leva tantos anos como Carlos Cruz – 7 anos.
Hugo Marçal – 6 anos e 2 meses para o advogado que apareceu nunca se percebeu de onde (agora percebe-se).
Manuel Abrantes – 5 anos e 9 meses para aquele que liderou a Provedoria interinamente.

Comments


  1. Sem querer, Ricardo, até as lágrimas saltam dos olhos. A pena é muito leve para tais abjectos seres humanos, mas já nos consola o facto de serem reconhecidos como criminosos.

  2. julieta says:

    É de uma extrema lata o arguido vir dizer para a televisão que foi condenado injustamente.
    Aqui fica a questão:
    O que sofreram as vitimas? Qual foram os danos morais? Será ques estes montros pensaram nisso?
    E se fosse com familiares deles? A justiça também se enganava ou era feita a dita justiça que eles consideram injusta.

  3. leonor says:

    Não sei se Carlos Cruz é inocente ou culpado mas o fumo é muito para não haver um grande fogo. A conferência de imprensa a que assisti foi uma peça muito bem montada em que se fizeram afirmações espantosas tais como ser o processo Casa Pia o processo Carlos Cruz por este ser uma figura muito mediática. Já agora por que se não lembraram os miúdos abusados de dizer que os abusadores tinham sido o Presidente da República, o Cardeal Patriarca , o Papa etc já que estes são muito mais mediáticos? Ele há coisas…”Tu que me enganas e eu que te entendo mas tu não entendes que eu te entendo que tu me enganas” Pois Carlos Cruz…


  4. São mesmo penas demasiado pequenas.

    O mais incrível é que ficam todos em liberdade e muito provavelmente nem chegarão a cumprir penas. Fiquei estupefacto com o seguinte:

    “Se for ditado para a ata do tribunal, a interposição de recurso tem efeitos suspensivos e a pena não produz efeitos imediatos até à última instância de recurso”, explicou à agência Lusa o advogado Luís Filipe Carvalho

    Que diabo!? Isto aplica-se a qualquer crime? Quem tiver dinheiro para ir pagando a advogados não é preso?

    E o meu espanto continua, ouvi durante esta tarde na rádio alguém sugerir a possibilidade destes crimes prescreverem durante o recurso, dado que por um lado as instâncias superiores serem normalmente ainda mais lentas e por outro lado devido ao facto destes crimes prescreverem ao fim de 16 anos (o que seria daqui a poucos anos). Outra vez, que raio de coisa! Entendo que haja prescrições, mas isto é gozar com todo o país. Nojento, simplesmente nojento. O censo comum não conta para nada?

    E finalmente, uma dúvida que me assalta, se de facto estes trastes tiverem de ir para a prisão, quanto tempo vão cumprir? Metade da pena? Um quarto?

  5. arnaldo says:

    ja deviam estar la dentro ha muito tempo ate ao fim das vidas deles e serem violados todos os dias

  6. arnaldo says:

    arnaldo :ja deviam estar la dentro ha muito tempo ate ao fim das vidas deles e serem violados todos os dias

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.