A ministra da oposição

Gabriela Canavilhas foi peremptória: “Os défices públicos estão a obrigar a repensar o financiamento” do actual modelo. “O Estado social está ameaçado”, concluiu.

A concertista consegue numa única intervenção apoiar o projecto de revisão constitucional do PSD, à direita, e confirmar a razão da esquerda quando acusa o PS de desfraldar a bandeira do “estado social” por mero oportunismo, após ter deixado o ensino à beira da privatização e o Serviço Nacional de Saúde mais privatizado do que nunca.

É obra. Tocada e sem fuga.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.